Notícias


Presidentes Lula e Bola Tinubu debatem reconstrução do comércio entre Brasil e Nigéria

Parceria comercial entre os países alcançou em 2023 a faixa de US$ 1,73 bilhão, com superávit brasileiro de US$ 124,7 milhões
18/02/2024 Portal Brasil - Foto: Ricardo Stuckert / PR

O Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente da República Federal da Nigéria, Bola Tinubu, estiveram reunidos neste domingo, 18 de dezembro, em Adis Abeba (Etiópia). Foi o segundo encontro bilateral da comitiva brasileira na manhã de hoje.


O presidente nigeriano elogiou o discurso de Lula na abertura da 37ª Cúpula da União Africana, bem como a sua trajetória. E disse querer “energizar” o relacionamento entre os dois países, a partir do interesse renovado em construir parcerias com o Brasil e avançar na área da agricultura.


A parceria comercial entre Nigéria e Brasil alcançou em 2023 a faixa de US$ 1,73 bilhão (sendo US$ 757 milhões em produtos importados pelo Brasil e US$ 976 milhões em produtos brasileiros exportados). Já foi muito maior. Para Lula, “não tem explicação” o fato de Brasil e Nigéria, que já registraram um fluxo comercial de US$ 10 bilhões, atualmente só alcancem US$ 1,73 bilhão.


O presidente brasileiro quis saber os motivos da queda no comércio entre os dois países e questionou a falta de um voo direto entre São Paulo (SP) e Lagos, maior cidade do país, localizada no sudoeste da Nigéria. O presidente nigeriano disse que os dois países estão prontos para retomar voos diretos.


Vamos ter que discutir internamente no Brasil e na África a nossa geopolítica, pra gente não ficar dependendo de alguém, para ir à Nigéria, ir à Europa primeiro para depois descer para a Nigéria, não tem nenhum sentido”, comentou Lula em entrevista coletiva a jornalistas, antes de embarcar de volta ao Brasil.


O presidente Lula foi convidado a visitar a Nigéria e, por sua vez, convidou o presidente nigeriano a visitar o Brasil. O país africano participará do G20 a convite do governo brasileiro, que preside o bloco até fim de novembro.


COMITIVA — Acompanharam a agenda bilateral as ministras Luciana Santos (Ciência, Tecnologia e Inovação) e Anielle Franco (Igualdade Racial), e os ministros Wellington Dias (Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome), Silvio Almeida (Direitos Humanos e Cidadania) e Vinícius Marques de Carvalho (Controladoria-Geral da União). A comitiva presidencial que viajou para o Egito e a Etiópia ainda inclui o ministro Mauro Vieira (Relações Exteriores) e do assessor-chefe adjunto da Assessoria Especial, Audo Faleiro.




Para conferir as últimas notícias, acesse aquiSiga o site Portal de Camaquã, nas redes sociais:  

WHATSAPP - Para se cadastrar automaticamente no grupo, clique neste link.

TELEGRAM - Para se cadastrar automaticamente no grupo, clique neste link.

YOUTUBE - Para se cadastras no canal, clique neste link.

INSTAGRAM - Para se cadastrar no canal, clique neste link.



MAIS NOTÍCIAS