Notícias


Podólogas pedem apoio dos deputados, na Comissão de Saúde e Meio Ambiente, para regulamentar profissão

A podologia previne e trata de patologia dos membros inferiores, focando no chamado “pé diabético” para evitar amputações e também em doenças sistêmicas
10/12/2023 Agência de Notícias ALRS – Foto: Christiano Ercolani / Divulgação

A Comissão de Saúde e Meio Ambiente, presidida pelo deputado Neri, o Carteiro (PSDB), recebeu um grupo de podólogas, na reunião ordinária da quarta-feira, dia 6 de dezembro, que luta pela regulamentação da profissão.

Elas pedem apoio dos deputados para regulamentar a atividade em nível estadual, como já acontece em São Paulo, Santa Catarina e Minas Gerais, enquanto a regulamentação nacional não ocorre. A comitiva foi ouvida durante o período de Assuntos Gerais da reunião ordinária desta quarta-feira, dia 6 de dezembro, que não tinha ordem do dia.

Kaliane Lopes, integrante da comitiva, argumentou que a Podologia previne e trata de patologia dos membros inferiores, focando no chamado “pé diabético” para evitar amputações e também em doenças sistêmicas. “Nos orientamos pela Ciência, mas não somos reconhecidos e nem respeitados”, apontou.

De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Vascular, apresentados pela podóloga Laiza Ferreira, em 10 anos, ocorreram 282 mil cirurgias de amputação no Brasil, 40 mil das quais no Rio Grande do Sul.

Cada uma delas, segundo a profissional, com um custo de quase R$ 3 mil, acumulando um gasto de R$ 799 milhões para o SUS. “Isso ocorre porque o diagnóstico é feito em estágio avançado. Com a prevenção, é possível reduzir em até 80% as amputações”, revelou.

Neri, o Carteiro anunciou que a Comissão de Saúde irá elaborar um documento pedindo que a Câmara Federal atue com celeridade na análise do PL 618, que trata da regulamentação da profissão, e elaborar uma minuta de projeto de lei estadual tratando da matéria.

O grupo de podólogas foi acompanhado pelo presidente da Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores de Caxias do Sul, vereador Olmir Cadore (PSDB).

Siga o Portal de Camaquã, nas redes sociais

WHATSAPP - Para se cadastrar automaticamente no grupo, clique neste link.

TELEGRAM - Para se cadastrar automaticamente no grupo, clique neste link.

YOUTUBE - Para se cadastras no canal, clique neste link.

INSTAGRAM - Para se cadastrar no canal, clique neste link.

MAIS NOTÍCIAS