Notícias


Mulher é presa pela Polícia Civil, em Júlio de Castilhos, por crueldade contra animais

No local, foi flagrada uma cadela sem abrigo e exposto ao sol e chuva, sem higiene, sem acesso à água e em sinal de emagrecimento
27/10/2023 Ascom Polícia Civil – Foto: Divulgação

Na manhã da quinta-feira, dia 26 de outubro de 2023, a Polícia Civil cumpriu um mandado de busca e apreensão, no Bairro Magnólia Barros, em Júlio de Castilhos, onde uma mulher de 53 anos foi presa em flagrante por crueldade contra os animais.

Na residência, foi localizado um cachorro (fêmea), da raça Rottweiler, em local desconfortável e incompatível com seu porte, sem abrigo e exposto ao sol e chuva, sem higiene, sem acesso a água e em sinal de emagrecimento, ou seja, condutas que ferem as cinco liberdades dos animais e, por consequência, configuram maus tratos.

Já no interior da residência, em um dos quartos, foi localizado um gato (fêmea), da caça Siamês, com uma ninhada de 4 filhotes, em local inapropriado e sem acesso a água. Todos os animais em situação de maus tratos foram encaminhados a outros lares para fins de adoção responsável.

A presa é natural de Cacequi e possui antecedentes policiais por crueldade contra animais. Após os procedimentos de praxe na Delegacia de Polícia, a presa foi encaminhada ao Presídio Regional de Santa Maria onde ficará à disposição da Justiça.

A ação foi coordenada pelo Delegado Adriano Winkelmann De Rossi, titular da DP/Júlio de Castilhos, e contou com o apoio da ONG São Francisco.

WHATSAPP - Cadastre-se no Grupo de Notícias do Portal de Camaquã e receba novas informações todo o dia. Para se cadastrar automaticamente no grupo, clique neste link.  

TELEGRAM - Cadastre-se no Grupo de Notícias do Portal de Camaquã e receba novas informações todo o dia. Para se cadastrar automaticamente no grupo, clique neste link.  

INSTAGRAM – Cadastre-se no canal do Portal de Camaquã e acompanhe as notícias em tempo real. Para seguir o Portal de Camaquã clique neste link 


MAIS NOTÍCIAS