Notícias


Polícia Civil prende, em Canoas, idoso de 66 anos, investigado pelo estupro da própria filha

Na ação, o filho do indivíduo foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo
27/10/2020 Texto e foto: Polícia Civil

Na manhã desta terça-feira, dia 27 de outubro de 2020, a Polícia Civil prendeu, em Canoas, um homem de 66 anos, investigado pela prática de estupro de vulnerável contra a própria filha. Na época dos fatos a vítima tinha 13 anos de idade.

Durante o cumprimento do mandado de prisão, foram localizadas duas armas, um revólver calibre .22 e uma espingarda calibre .28, ambas com a numeração suprimida, bem como munições e a quantia em dinheiro de R$ 1.850,00. O acusado informou que eram de seu filho, o qual confirmou possuir os armamentos e foi preso em flagrante.

A vítima confessou a sua mãe que acordou com o acusado passando a mão pelas suas pernas e, quando gritou, o acusado ainda lhe agrediu com tapas. Ela disse, ainda, que esta não havia sido a primeira vez que o pai tentava abusar sexualmente dela. Após as investigações policiais da DPCA de Canoas localizaram e prenderam o indivíduo, que estava escondido no bairro Mathias Velho.

A postura da família durante as diligências prévias ao cumprimento do mandado levantaram suspeitas e determinaram a ampliação da ação, que contou com apoio de Policiais Civis da DRACO Canoas, que deram apoio operacional aos atos de realização da prisão e as buscas realizadas no imóvel onde foi localizado o foragido.

O Delegado Pablo Rocha, titular da DPCA de Canoas revelou que o apoio operacional foi decisivo para o sucesso da incursão, não dando chance a qualquer reação, que poderia revelar-se especialmente perigoso, por tratar-se o flagrado de pessoa com antecedente por tráfico e possuidor de dois armamentos para pronto uso.

Não obstante, a presença de cães de porte tornou a entrada no imóvel ação de elevado risco. A segurança operacional é item de relevo nas operações da DPCA de Canoas e envolve não apenas os policiais mas sim todo o entorno do alvo.

O Delegado Mario Souza, Diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana - 2ª DPRM, Regional de Canoas, afirma que a intensa mobilização de todas as forças policiais, de todas as DPs da região tem levado a resultados operacionais expressivos e nisto se insere o auxílio operacional mútuo.

Receba as últimas notícias do Portal de Camaquã no seu whats, neste link.  

MAIS NOTÍCIAS