quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

DOM FELICIANO - 75 TONELADAS DE UVA FORAM PARA INDÚSTRIAS DE FARROUPILHA

Cerca de 75 toneladas de uvas, parte da produção de dez – dos 20, produtores de Dom Feliciano, foram transportadas para indústrias de sucos de Farroupilha.

As cargas eram carregadas nas manhãs e noites durante a colheita por funcionários da Secretaria de Desenvolvimento Rural Sustentável e transportadas para a serra gaúcha. O apoio é previsto dentro do Programa Municipal Mais Produção, instituído em 2009.

A logística das coletas foi coordenada pela COOPACS – Cooperativa Agropecuária Centro Sul. A COOPACS ainda direciona a produção de uva para os programas institucionais do governo federal PAA – Programa de Aquisição de Alimentos, e PNAE – Programa Nacional de Alimentação Escolar. O levantamento da quantidade direcionada para estes programas ainda não foi contabilizada.

O presidente da Cooperativa, Alex Gawlinski, com a esposa e sogros, iniciou o cultivo de uva em 2010. Hoje possui 2.200 pés – um hectare plantado. Este ano, colheu pouco menos que o ano passado, ao contrário de muitos que duplicaram a produção, devido às chuvas e umidade – a propriedade fica localizada no Campo do Umbu, próximo ao Arroio Sutil.

“Este ano, o excesso de chuva, além de grandes variações de temperatura prejudicaram a produção nesta localidade”, explica. A produção ficará em torno de 10 toneladas – ano passado colheu 14. “Não há perda, porque a manutenção anual dos parreiras é em torno de R$ 1 mil em insumos, investimento consideravelmente baixo”.

A colheita este ano foi curta, em torno de 20 dias, começando logo depois da Festa da Uva, em 13 de janeiro. Duas toneladas da produção dele foram para as indústrias de sucos de Farroupilha e o restante comercializou em estabelecimentos de Dom Feliciano e região, além de vender na propriedade. Na Festa da Uva vendeu em torno de meia tonelada de uva, além de geleias, sucos e vinho artesanal.

“Agradecemos as pessoas que foram prestigiar a Festa e nosso cultivo”, diz o presidente. Além das variedades ideais para suco, introduzidas no Município – Concordia, Isabel Precoce e Bordô, Alex tem Niágara branca e rosa.

Atualmente ele experimenta o consórcio com o kiwi, cuja colheita tem prazo mais longo, além de plantar 70 mil pés de fumo – em quatro hectares, e arroz cachinho – 2 hectares, que é comercializado também no mercado local. (Ascom Prefeitura | Foto: Divulgação)


0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que o investimento cabe direitinho no seu bolso!

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.