quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

GUAÍBA - JOVEM QUE FAZ CORRIDAS POR APLICATIVO DESAPARECE NA NOITE DE RÉVEILLON

Familiares e amigos de Paulo Junior da Costa, 22 anos, procuram pelo jovem desde a noite de segunda-feira, dia 31 de dezembro de 2018. 

Morador de Guaíba, na Região Metropolitana de Porto Alegre, ele faz corridas pela Uber e, desde pouco antes da virada do ano, não foi mais visto. Uma ocorrência de desaparecimento foi registrada na Polícia Civil e a Polícia Rodoviária Federal presta apoio.

Em nota, a empresa confirmou que Paulo é motorista parceiro, e se colocou à disposição para auxiliar nas investigações.

Paulo é estudante de engenharia mecânica e faz estágio na cidade. Nas horas vagas, dirige para garantir uma renda extra, como conta ao G1 a mãe dele, Neiva Amador. Ele tem um Grand Siena vermelho.

Atrás de notícias do filho, ela diz que familiares acharam estranha a mensagem que chegou via Whatsapp para a namorada do jovem, avisando que ele faria uma corrida até a cidade de Pelotas, uma distância de pouco mais de 230 km.

"Percebemos que tinha alguma coisa errada, porque ele é muito família, principalmente nessas datas. A mensagem que ele enviou para a namorada não tinha sentido, colocou pontos entre as palavras...", lembra Neiva. Essa mensagem chegou por volta das 19h30.

Outra situação atípica identificada pela família é que Paulo não fazia corridas longas. Não costumava ir nem a Porto Alegre. De Guaíba até Pelotas, a viagem é de cerca de três horas.

Um pouco mais tarde, por volta de 21h30 ou 22h, o pai do jovem, Flávio, ligou para o filho. "Ele perguntou 'onde tu está?', e ele respondeu 'to indo já'". Meu marido pediu para ele pegar um saco de carvão e levar para casa", acrescenta Neiva.

Mas Paulo não voltou para casa. Apreensiva, a família se dividiu em grupos e também conta com ajuda de amigos para tentar encontrar Paulo. Durante a madrugada, Neiva e o marido passaram por um posto de combustíveis perto do pedágio desativado de Eldorado do Sul e pararam para perguntar se os frentistas haviam visto o carro de Paulo. A resposta foi positiva.

"Um [frentista] disse que ele esteve no posto em torno de 20h. Não soube dizer se ele estava com alguém", conta. A polícia deve pedir as imagens das câmeras de segurança para seguir com a investigação.

No começo da tarde, a Polícia Rodoviária Federal ainda não tinha notícias de Paulo. Em nota, a Uber diz que "está à disposição das autoridades para colaborar com as investigações sobre o desaparecimento do motorista parceiro Paulo Junior da Costa, na forma da lei."

O G1 tentou contato com a delegacia de Polícia Civil de Guaíba, onde a ocorrência foi registrada, mas não foi atendido. (G1)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que o investimento cabe direitinho no seu bolso!

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.