terça-feira, 4 de dezembro de 2018

RIO GRANDE - COM SALÁRIOS ATRASADOS HÁ MAIS DE TRÊS MESES, FUNCIONÁRIOS DA SANTA CASA FAZEM PARALISAÇÃO

Funcionários do Hospital Santa Casa de Rio Grande, no Sul do Rio Grande do Sul, paralisaram as atividades na terça-feira, dia 4 de dezembro de 2018. O motivo é o atraso no pagamento de salários, que já dura mais de três meses. A mobilização deve seguir até a próxima sexta-feira, dia 7.

Por conta disso, durante a semana, apenas 30% dos atendimentos na urgência e emergência serão mantidos. As cirurgias eletivas serão canceladas. O pronto-socorro só receberá pacientes em situação de emergência, e o laboratório não funcionará para exames externos.

Os servidores que paralisaram os serviços são ligados ao Sindisaúde-RS, que representa técnicos de enfermagem, de laboratório, funcionários dos setores de higiene, copa, cozinha e administração. 

O hospital, referência para 23 municípios, informou que não há prazo para quitar os salários em atraso por falta de recursos. Aproximadamente 1,4 mil funcionários trabalham no local.

Atendimentos terceirizados

Por conta das dificuldades financeiras, a instituição anunciou, no mês passado, que vai terceirizar os atendimentos. A Organização de Saúde Viva Mais, de Minas Gerais, que gerencia 11 hospitais no país passará a gerir também a Santa Casa de Rio Grande.

A formalização do contrato com o governo do estado deve ser concluída até o dia 15 de dezembro. A nova gestora ainda promete regularizar os salários dos funcionários, gradativamente, em um prazo de até 120 dias. O grupo não vai herdar as dívidas do hospital.

A mantenedora do hospital, a Associação de Caridade da Santa Casa, vai receber R$ 500 mil pelo arrendamento e terá auxílio da Viva Mais para renegociar as dívidas do hospital, que ultrapassam R$ 200 milhões. De acordo com a diretoria do hospital, o governo do estado deixou de repassar R$ 5 milhões à instituição.

Também devido à falta de repasses do governo do estado, a Prefeitura de São Leopoldo, na Região Metropolitana de Porto Alegre, declarou nesta terça-feira situação de emergência na saúde e anunciou restrição de atendimentos. (Por Maurício Gasparetto, RBS TV | Foto: Reprodução/RBS TV)



0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que o investimento cabe direitinho no seu bolso!

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.