segunda-feira, 12 de novembro de 2018

INFORMATIVO - ECOSUL INVESTE RDT EM PROJETOS DE PESQUISAS COM FOCO NA SEGURANÇA VIÁRIA E PAVIMENTAÇÃO

Para a tecnologia, o futuro já chegou. Com este viés, a Ecosul investe em projetos focados na inovação e no desenvolvimento de soluções viárias através do Recurso de Desenvolvimento Tecnológico (RDT). 

Duas importantes contribuições da concessionária estão em andamento. Uma delas em parceria com o Laboratório de Pavimentação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (LAPAV/UFRGS) focada em misturas asfálticas e a outra pela empresa MO3, voltada à segurança viária.

O RDT é uma previsão de recursos onde as concessionárias reguladas pela Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT) destinam 0,25% da receita bruta de pedágio anual à pesquisa e ao desenvolvimento tecnológico.

“Para utilizar esses recursos às concessionárias desenvolvem projetos de pesquisa inovadores, que são submetidos à aprovação da ANTT”, explica o gerente de engenharia da Ecosul, Jean Rodrigues. 

O recurso está previsto em todos os contratos da 3ª etapa de concessões federais de rodovias e em parte dos contratos da 1ª e da 2ª etapa. Frente aos projetos desenvolvidos pelas concessionárias, a ANTT organiza workshops anuais para difundir o conhecimento científico e tecnológico gerado nesses estudos, promovendo também a aproximação entre as concessionárias e instituições de pesquisa de todo o Brasil.

TECNOLOGIAS DA ECOSUL 

A norma ISO 39001, Sistema de Gestão de Segurança Rodoviária, contempla diversos itens e critérios fundamentais para a gestão em segurança viária. A norma ainda não é certificada no Brasil e na América do Sul apenas empresas do Uruguai e Argentina contam com essa certificação. “Um dos nossos projetos é o investimento na preparação para esta certificação, que é referência em muitos países do mundo”, observa Jean.

Com este foco a Ecosul investiu em uma pesquisa para avaliar os ajustes necessários nos sistema de processos da concessionária para futura certificação. 

“O trabalho foi desenvolvido de modo a avaliar a aplicabilidade de metodologia para implantação do sistema de gestão da segurança viária nos moldes da proposição da ISO39001”, explica Jean. 

Para isso a MO3, empresa consultora para apoio à gestão e operação em sistemas de transporte e mobilidade urbana, desenvolveu uma pesquisa para mapear os riscos influentes na gestão da segurança viária. 

Desta meticulosa pesquisa saíram iniciativas e processos de aperfeiçoamentos gerenciais em diversos níveis, com foco nas melhores práticas. Segundo Jean, o sistema de gestão estabelecido na Norma ISO 39001 enfoca a organização, seus objetivos e metas, e direciona as atividades de planejamento ao usar uma abordagem de sistema seguro para a segurança viária.

O segundo projeto em andamento é desenvolvido junto ao LAPAV/UFRGS e voltado à pavimentação. São pesquisas para o desenvolvimento de mistura asfálticas aditivadas com borracha, e usinadas a temperaturas inferiores do que o convencional. 

“Estamos buscando materiais e misturas que possam substituir as convencionais e ao mesmo tenham maior durabilidade”, destaca o gerente de engenharia da Ecosul. 

As soluções serão de grande valia para as concessionárias trabalharem a recuperação de pavimento de forma mais dinâmica. “Buscamos desenvolver uma mistura, que seja fácil de trabalhar e que consiga trazer estas melhorias com o menor impacto possível”, resume Jean. (SatolepPress | Foto: Divulgação)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que o investimento cabe direitinho no seu bolso!

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.