segunda-feira, 12 de novembro de 2018

FUTEBOL - INTER EMPATA COM O CEARÁ E PERDE CHANCE DE SE APROXIMAR DO PALMEIRAS

O Inter empatou por 1 a 1 com o Ceará na tarde deste domingo no Castelão pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro e perdeu a oportunidade de diminuir a diferença para o líder Palmeiras, que também empatou com o Atlético-MG em Belo Horizonte. Os dois gols da partida foram no primeiro tempo. Damião abriu o placar aos 16 minutos e Ricardinho igualou aos 41.

Com o empate, o Inter vai a 62 pontos, mas segue cinco atrás do Palmeiras, que tem 66. Na próxima rodada, o Colorado enfrenta o América-MG na quinta-feira, às 21h, no Beira-Rio. D'Alessandro, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, está fora da partida.

O jogo

Sem poder contar com Rodrigo Moledo, machucado, Odair Hellmann apostou em Emerson Santos como companheiro de Victor Cuesta na zaga colorada. Nos outros setores, o treinador contou com todo o elenco à disposição e pôde mandar a campo o time que considera ideal do meio para frente. D'Alessandro, assim, foi mantido como titular formando o setor ofensivo com Nico López e Leandro Damião.

Com a formação, o Inter mostrou poder para conseguir controlar o jogo com posse de bola nos primeiros minutos. O Colorado chegou aos 15 minutos com 65% de posse contra 35% dos donos da casa. Faltava ainda finalizar. 

E quando finalizou, veio o gol. Aos 16, Leandro Damião bateu forte da entrada da área, Everson conseguiu defender no primeiro momento, mas a bola voltou para o camisa 9, que chutou de primeira para o gol vazio para abrir o placar no Castelão, 1 a 0.

O gol do Inter fez o Ceará mudar sua postura e os mandantes foram para o ataque. Aos 18, Lomba fez grande defesa em chute de Richardson. O Alvinegro seguiu apostando em muitos cruzamentos para tentar pressionar o Inter. O time da casa até levava perigo, mas também dava espaços para o contra-ataque colorado.

A melhor chance para o segundo gol do Inter veio aos 25. Victor Cuesta acertou um belo lançamento para Nico López, que driblou Everson duas vezes antes de tocar para Damião. O centroavante, porém, foi travado por Richardson na hora do chute e perdeu a chance com o gol aberto.

O jogo seguiu aberto com os dois times criando chances. Pelo alto, Edinho cabeceou com perigo em lance que foi parado por falta em Victor Cuesta aos 40. O Inter ainda respondeu em jogada de Nico e Patrick, mas o passe do volante para o uruguaio foi cortado na risca da pequena área.

Tanta iniciativa do Ceará resultou em gol aos 41 minutos. Cuesta cometeu um erro na saída de bola e Arthur recebeu na área. O centroavante cearense cruzou rasteiro para Ricardinho, que chegou antes de Dourado e desviou para o gol, 1 a 1, placar final do primeiro tempo.

Ceará volta melhor do intervalo

Os dois times retornaram para o segundo tempo sem mudanças, mas o Ceará começou melhor a etapa final. Desde os primeiros minutos, o Alvinegro conseguiu pressionar o Inter, que tentava sair em contra-ataques sem sucesso.

Sem trabalhar muito a bola, o Ceará forçava cruzamentos em busca pela segunda bola no rebote. Em lances assim, Edinho e Ricardinho finalizaram, mas mandaram para fora. O Inter só ameaçou em lance que Nico López tomou a bola de Luiz Otávio na entrada da área, mas Tiago Alves conseguiu a recuperação.

Vendo o Inter em dificuldade, o técnico Odair Hellmann fez a primeira mudança aos 18 minutos. D'Alessandro foi o escolhido para sair para a entrada de Wellington Silva em uma tentativa do treinador colorado de ganhar mais velocidade no seu setor ofensivo. Lisca respondeu com Cardona no lugar de Calyson logo depois.

O Ceará claramente sentiu o desgaste físico na parte final do segundo tempo. A equipe foi perdendo forças para pressionar e o Inter começou a sair do seu campo. Aos 29, Odair fez a segunda troca colorada com William Pottker no lugar de Damião. Pottker teve sua chance para marcar aos 35, quando bateu forte da entrada da área, mas Everson conseguiu fazer a defesa para manter o 1 a 1.

Precisando da vitória para seguir na briga pelo título do Campeonato Brasileiro, Odair Hellmann mandou seu time para frente na reta final do jogo. Aos 37, ele sacou o volante Patrick para a entrada do atacante Rossi. 

A essa altura, o líder Palmeiras apenas empatava com o Atlético-MG em Belo Horizonte, o que dava a chance do Inter diminuir para três pontos a distância para o time paulista na classificação do Brasileirão.

O Inter pressionou nos minutos finais, mas pouco criou. A chance mais perigosa para o Colorado veio aos 41 em cruzamento de Rossi, que Luiz Otávio deu o carrinho e quase mandou para o próprio gol. E a partida terminou mesmo em 1 a 1. (Correio do Povo | Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que o investimento cabe direitinho no seu bolso!

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.