quinta-feira, 22 de novembro de 2018

FUTEBOL - GRÊMIO PERDE PARA O FLAMENGO POR 2 X 0 E FICA AMEAÇADO NO G4

O Grêmio foi inferior ao Flamengo durante quase todo o jogo e perdeu por 2 a 0 nesta quarta-feira no Maracanã. Além de desperdiçar a chance de passar o Inter pelo terceiro lugar, o Tricolor fica ameaçado pelo São Paulo na luta pela vaga direta para a Libertadores.

Com o resultado, os comandados de Renato Portaluppi ocupam o quarto lugar, mas podem ser superados pelo São Paulo que enfrenta o Vasco nesta quinta. O Flamengo ainda tem uma chance mínima de título, no segundo lugar a cinco pontos do líder Palmeiras.

O Tricolor encarou um primeiro tempo difícil, sob intensa pressão do Flamengo na sua metade inicial. A falta de pontaria dos cariocas e bela atuação de Paulo Victor garantiram o zero do placar, antes de uma breve reação gremista ser barrada pelo apito aos 49 minutos.

Aos quatro minutos, o improvisado Marcelo Oliveira foi colocado à prova em lance claro de ataque do Flamengo. Uribe recebeu livre nas costas de Cortez e chutou cruzado. Parou no defensor gremista que se atirou na frente para desviar.

Com grande volume de jogo pelas laterais, o Rubro-Negro ameaçou com Pará aos 13, mas Paulo Victor antecipou o cruzamento na pequena área. A essas alturas, o arqueiro gremista já reclamava muito de dores no braço esquerdo. O jogo acabou parado duas vezes para ele receber atendimento, mas decidiu ficar em campo.

A primeira chance tricolor veio aos 15 minutos. Léo Gomes recebeu na frente da área uma boa bola de Ramiro. Livre, ele armou o chute, mas seu domínio foi tempo suficiente para Réver se recuperar e bloquear o arremate.

O Flamengo seguiu mais perigoso e, aos 21, Uribe subiu livre no escanteio cobrado por Vitinho. A cabeçada contornou Paulo Victor e parte da torcida gritou gol, mas a bola explodiu no poste esquerdo.

Ramiro tentou mostrar que o Grêmio tinha armas para incomodar e, com um chute da entrada da área obrigou César a fazer usa primeira defesa, aos 31 minutos. No contragolpe do Flamengo, porém, quase saiu o gol dos vice-líderes do Brasileirão. Uribe recebeu na marca do pênalti, com Paulo Victor caído. Mas aí surgiu o pé salvador de Pedro Geromel, que entrou de carrinho e fez o desvio providencial.

Antes do intervalo, o descontado Paulo Victor ainda teve que fazer a grande defesa até então. Diego recebeu na intermediária, ajeitou e disparou um míssil no canto esquerdo, mas o goleiro voou certeiro para espalmar.

Nos acréscimos, o Grêmio ensaiou uma pressão. Ocupou o campo de ataque e fez a bola girar, mas sem conclusões específicas, viu o tempo se esgotar no 0 a 0.

Primeira etapa difícil, segundo tempo ainda pior. O Tricolor até ensaiou uma arrancada inicial, mas foi frustrado logo nos minutos iniciais em um gol irregular do Flamengo.

No primeiro minuto, Paulo Victor fez grande defesa num chutaço de Pará à queima-roupa. O Lateral surgiu livre na área após boa tabela com Wiliam Arão. No escanteio decorrente deste lance, porém, o castigo. Diego cruzou e Marcelo Oliveira desviou para trás com o peito. Uribe puxou o voleio e acertou o rosto de Cortez junto com a bola. Foi o suficiente para empurrar para gol. Seria falta, mas o árbitro validou o 1 a 0.

O Flamengo recuou e o Grêmio foi para a pressão. Aos 9, Jael testou a pontaria em boa falta na intermediária. Bateu por fora da barreira, desviou do goleiro, mas também da meta. Jean Pyerre também teve chance aos 11. Recebeu na frente da meia-lua, entortou Arão com um drible de corpo e bateu de sem-pulo, mas mandou por cima.

Everton foi quem chegou mais perto de igualar, aos 15. Alisson entrou no lugar de Matheus Henrique e já fez boa jogada. Escapou na direita e mandou na cabeça do atacante. O Cebolinha desviou com endereço certo, mas o goleiro Cesar catou firme em cima da linha.

Na resposta fulminante do Flamengo, Réver aparou de cabeça na área, Paulo Victor não alcançou e Ramiro tirou de cabeça em cima da linha. Diego insistiu, passou Cortez em velocidade e bateu colocado de três dedos, mas encobriu a goleira.

Pressionado pela torcida, Vitinho perdeu a chance de ampliar aos 23. Diego recuperou bola na esquerda e serviu com açúcar na marca penal. Sem ninguém para marcar, Vitinho encheu o pé e isolou sobre o gol. Tomou aquela vaia.

A melhor chance gremista veio aos 42 minutos. Alisson cobrou escanteio com qualidade e Geromel subiu livre. O zagueirão cabeceou firme rente ao poste direito. César voou numa defesa espetacular para evitar o empate. No contragolpe, Paulo Victor saltou nos pés de Marlos Moreno e evitou o gol.

No tudo ou nada, o Tricolor foi surpreendido aos 44. Berrio disparou em velocidade e cruzou na área. Diego chegou livre na bola. Desequilibrado, conseguiu ajeitar com a canhota e mandou de primeira para o fundo das redes, definindo a vitória por 2 a 0. (Bernardo Bercht | Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que o investimento cabe direitinho no seu bolso!

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.