terça-feira, 13 de novembro de 2018

CAMAQUÃ - REUNIÃO DEBATE TURISMO NA COSTA DOCE

Uma reunião de planejamento para dar andamento à execução do Projeto Turismo na Costa Doce foi realizada na sede da AZONASUL, em Pelotas no dia 7 de novembro. 

O Governo Municipal de Camaquã esteve representado na ocasião pelo secretário da Cultura, Turismo, Lazer, Desporto e Juventude, Mario Garcia, acompanhado da diretora de Turismo Nilza Tessmann e também pelo secretário da Indústria e Comércio, Luis Sidnei Corrêa. 

O encontro foi conduzido pelo gestor do Arranjo Produtivo Local do Turismo Luis Carlos Citrini Braga e líderes da Azonasul e Acostadoce, junto com o Sebrae que falaram sobre o investimento necessário para levar avante o projeto.

A reunião trouxe entusiasmo aos municípios compromissados em trabalhar pelo desenvolvimento econômico e social através do Turismo na região Sul do Rio Grande do Sul, onde há muito trabalho a realizar.

Conforme o secretário Mario Garcia, Camaquã tem muito orgulho em fazer parte deste grupo que acredita no potencial transformador do Turismo da nossa região.

Pesquisa

Na pesquisa elaborada pelo Sebrae em parceria com a Unisinos, para analisar os potenciais turísticos da região sul do Estado – conhecida por Costa Doce. 

Na Sala de Convenções do Hotel das Figueiras, representantes dos municípios que integraram o estudo ouviram sobre as etapas do trabalho e receberam sugestões com o objetivo de potencializar os atrativos de cada cidade.

Coordenador da pesquisa, o professor Marcelo Jacques Fonseca destacou que o trabalho começou através da solicitação dos próprios gestores municipais, que buscavam entender quais eram os pontos positivos e negativos do turismo em suas cidades. 

“A pesquisa não tem o compromisso de ser mais ou menos positiva. Buscou, sim, demonstrar a realidade da região, mostrando resultados para que as localidades possam crescer”, explicou Fonseca durante a apresentação.

A pesquisa foi dividida em três fases, visando analisar a oferta, a demanda e, por fim, em um workshop, identificar atrativos e possíveis potencialidades a serem exploradas. Foram mais de 110 entrevistas realizadas e pelo menos 500 estabelecimentos (entre hotéis, restaurantes e outros) visitados em todas as cidades que integram a região, para que fosse possível definir o que agrada o público e o que precisa de mais atenção.

Após a apresentação, os gestores dos municípios receberam exemplares da pesquisa e sugestões de como aproveitar os potenciais turísticos verificados em cada região. Uma das questões destacadas foi a criação de roteiros conjuntos, que passem por várias cidades, a exemplo do que ocorre na Serra Gaúcha e em outros lugares do mundo.

Resultados

O grupo que promoveu o estudo visitou estabelecimentos de alimentação, hospedagem e entretenimento em todas as cidades pesquisadas, para entender o que era considerado positivo ou precisava ser melhorado.

A primeira parte analisou a qualidade das ofertas em cada localidade e partiu de um inventário turístico, para identificar características estéticas. Posteriormente, o estudo focou na percepção dos turistas e potenciais visitantes, e identificou pontos importantes no quesito estético:

- Riquezas do patrimônio histórico (presentes em quase todos os municípios da Costa Doce)

- Regiões com presença de água (rios, lagos, lagoas, praias, faróis)

- Atividades produtivas podem ser atrativas (doces, pesca, vida universitária, operações portuários, etc)

- Locais com riquezas naturais

- Expressões culturais

Com os resultados em mãos, o estudo observou que 30% dos visitantes vêm de Porto Alegre e 11% de Santa Maria e, quando perguntados se ouviram falar da Costa Doce, metade (51%) conhecia o nome e o restante desconhecia (48%). Cerca de 47% deles não sabia onde a região estava localizada.

A pesquisa também verificou que o nome Costa Doce tem boa sonoridade entre os turistas e mais de 75% deles gosta e afirma que facilita a identificação com o local. Entre as cidades mais lembradas está Pelotas, que também aparece entre as principais palavras citadas para se referir à região. (Ascom Prefeitura | Foto: Divulgação)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que o investimento cabe direitinho no seu bolso!

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.