quinta-feira, 8 de novembro de 2018

CAMAQUÃ - CÂMARA MUNICIPAL ALERTA SOBRE IMPORTÂNCIA DO NOVEMBRO AZUL PARA O CUIDADO DA SAÚDE MASCULINA

O mês de novembro é dedicado, no Brasil e em todo o mundo, ao combate do câncer de próstata e a conscientização dos homens para o combate à doença. O Novembro Azul é o movimento mundial que aborda o tema e dissemina informações educativas e de prevenção a esse tipo de câncer.  

Em Camaquã, durante este mês, homens a partir de 40 anos podem realizar o exame PSA (Antígeno Prostático Específico)  gratuitamente no laboratório do Hospital Nossa Senhora Aparecida (HNSA). Informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3671-7962 de segunda a sexta das 7h30 às 18h.

Quando surgiu?

O Novembro Azul é um movimento que foi realizado pela primeira vez na Austrália, em 2003, e que pretende alertar a população, principalmente a masculina, sobre o risco do câncer de próstata, quando não há os cuidados necessários para se evitar a doença. A campanha chegou ao Brasil em 2008 e já se tornou referência na missão de orientar a população masculina a cuidar melhor da saúde.

Fique atento

O câncer de próstata é o segundo que mais mata os homens no país. Só provoca menos mortes que o câncer de pulmão. Nas fases iniciais, ele não apresenta sintomas, por isso é fundamental a realização de exames e o acompanhamento especializado.

Segundo o oncologista Fernando Maluf, quem faz o exame tem de 80% a 90% de chance de cura. Os homens devem começar a monitorar a próstata a partir dos 50 anos. Pessoas com histórico familiar ou homens negros devem começar a partir dos 40 e no máximo aos 45 anos.

De acordo com Maluf, os aspectos mais importantes para evitar a doença são: manter o peso, fazer exercício físico, evitar alimentos gordurosos e com muito açúcar.

Dados oficiais

Segundo estimativas do Instituto Nacional do Câncer (Inca), a cada ano são registrados 61,2 mil novos casos de câncer de próstata no Brasil. Dados do Ministério da Saúde indicam que 14.484 homens morreram em decorrência da doença no país em 2015. No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma.

Como fazer o diagnóstico?

O diagnóstico é feito através do PSA (Antígeno Prostático Específico) e do exame de toque retal. Para diagnosticar o câncer de próstata, é fundamental a realização do exame de toque e o de sangue. Recomenda-se que, a partir dos 50 anos, o urologista seja procurado anualmente para a realização dos exames.

De acordo com o urologista Geraldo Faria, coordenador da campanha Novembro Azul da SBU (Sociedade Brasileira de Urologia), o câncer de próstata é o tipo de tumor maligno que mais atinge a população masculina e só tem cura quando diagnosticado precocemente.

“As mulheres também devem incentivar os homens de sua família, com mais de 50 anos, para que realizem os exames preventivos de próstata”, diz.

Fuja do preconceito

Apesar de ser uma doença grave, cerca de 90% dos casos são passíveis de cura, desde que o diagnóstico seja realizado precocemente. É nesse ponto que se encontra o maior desafio: o preconceito. A maioria dos homens evita procurar o médico por temer o exame de toque retal, que, além do câncer, é importante para diagnosticar outros problemas anorretais e da próstata.

Os exames devem ser solicitados por um médico. Deixe de lado o preconceito e cuide do seu bem mais valioso: a saúde. (Ascom Câmara de Vereadores – Júlio Souza – Mtb-16935 – Foto: Júlio Souza)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que o investimento cabe direitinho no seu bolso!

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.