sexta-feira, 19 de outubro de 2018

SÃO LOURENÇO DO SUL - VINTE E CINCO PESSOAS SÃO PRESAS NA OPERAÇÃO GEMINUS EM COMBATE AO TRÁFICO DE DROGAS

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de São Lourenço do Sul, deflagrou na manhã da quinta-feira, dia 18 de outubro de 2018, Operação Geminus, na repressão a organização criminosa ligada ao tráfico de drogas. 

Foram cumpridas 56 ordens judiciais entre mandados de prisão, busca e bloqueio de contas nas cidades de São Lourenço do Sul e Porto Alegre. Na ação, que contou com o apoio da Brigada Militar e do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc), 25 pessoas foram presas, drogas, munições e celulares foram apreendidos.

Conforme o delegado Edson Ramalho, durante quatro meses de investigação a Polícia Civil realizou diversas diligências a fim de identificar integrantes de organização criminosa que têm atuado na região. 

“Foi apurada a função de cada um dos membros do grupo, chegando ao líder, que está preso na Penitenciária Modulada de Charqueadas, e que seguia enviando ordens por telefone a seus subordinados. 

Ele é suspeito de ser o mandante de um homicídio ocorrido em julho deste ano, em São Lourenço do Sul, bem como de ter ordenado a morte de outros traficantes rivais que conseguiram escapar das execuções”, relatou o delegado.

Durante as investigações foram realizadas prisões em flagrante de membros da organização criminosa responsáveis pelo armazenamento das drogas e gerenciamento do tráfico. 

“Ao todo nove pessoas foram presas, um veículo roubado foi recuperado, quatro armas de fogo foram apreendidas, bem como balanças de precisão e grande quantidade de crack, maconha e cocaína”, ressaltou Ramalho.

Na manhã desta quinta-feira cerca de 100 policiais civis e 17 policiais militares cumpriram 20 mandados de busca e 26 mandados de prisão preventiva em São Lourenço do Sul e Porto Alegre. Também foi realizado o sequestro de valores de 10 contas bancárias de integrantes da organização criminosa. 

“A operação foi batizada de ‘Geminus’ em referência ao líder da célula do grupo, o qual, em conjunto com seu irmão gêmeo, é suspeito de homicídios ocorridos na região metropolitana de Porto Alegre, sendo ambos condenados por tráfico de drogas”, concluiu o delegado. (Ascom Polícia | Foto: Divulgação)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que o investimento cabe direitinho no seu bolso!

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.