sábado, 13 de outubro de 2018

SÃO LOURENÇO DO SUL - PROJETO ESTIMULARÁ CRIANÇAS E ADOLESCENTES A SEPARAR RESÍDUOS

Na manhã da quinta-feira, dia 11 de outubro de 2018, o prefeito Rudinei Härter recebeu em seu gabinete os representantes da empresa Montepel Inteligência Ambiental, João Batista Dias e Cristiane Gerke, para tratar de um projeto de sustentabilidade que deve ser aplicado em escolas. 

O encontro contou com a participação da secretária de Educação, Cristiane Hax, da secretária adjunta Renata Blödorn, da coordenadora de Educação Infantil Fátima Armesto e da secretária de Planejamento e Meio Ambiente, Rosângela Saalfeldt.

O projeto é desenvolvido pela empresa já com experiência bem sucedida em escolas de Montenegro. Na região Sul, será custeado pela Ecosul e a escolha foi pela implantação inicial em São Lourenço do Sul. 

Agora, serão definidas as escolas participantes. O grande objetivo do projeto “Educando para o futuro” é promover o recolhimento de resíduos e sua correta separação, o desenvolvimento sustentável através de crianças e adolescentes, assim, mudando hábitos também em suas famílias.

As escolas participantes recebem estrutura física para a instalação dos recipientes onde podem ser depositados separadamente oito típicos de resíduos. É realizada uma gincana entre estas escolas como estímulo a arrecadação dos resíduos. Junto a isso, são desenvolvidas palestras e treinamentos durante seis meses. 

Ao final é realizado concurso de redação com publicação de um livro com as escolhidas. Todo o projeto é desenvolvido ao longo de seis meses e as estruturas ficam nas escolas para que as ações sigam ao final do período em que a empresa gerencia as ações. A escola com maior quantidade de resíduos é premiada.

Durante a apresentação, João Batista Dias destacou que as escolas podem vender os resíduos e assim gerar renda, por isso a importância de manterem as ações após o período de seis meses. 

Para isso, o projeto também estimulará o mercado local para receber e encaminhar os resíduos que as escolas comercializarão. As escolas participantes ainda serão definidas, já que o projeto deverá ser desenvolvido no primeiro semestre de 2019.  (Ascom Prefeitura | Foto: Divulgação)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que o investimento cabe direitinho no seu bolso!

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.