sexta-feira, 21 de setembro de 2018

PELOTAS – VEREADORES REJEITAM CONVOCAR EDUARDO LEITE PARA DEPOR EM CPI SOBRE EXAMES DE CÂNCER

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara de Vereadores de Pelotas (RS) que apura possíveis irregularidades nos laudos dos exames de pré-câncer de colo do útero na cidade rejeitou na terça-feira, dia 18 de setembro de 2018, os requerimentos de convocação para depoimento do ex-prefeito Eduardo Leite (PSDB), candidato ao governo do Estado, e da atual prefeita, Paulas Mascarenhas (PSDB). Os pedidos, apresentados por PDT e PSOL, foram rejeitados por 7 votos a 3 na comissão, que é dominada pela base do governo.

Até o momento, a CPI já ouviu, entre outras pessoas, a médica Julia Recuero, que escreveu o primeiro memorando, em janeiro de 2016, alertando sobre possíveis problemas com exames de colo de útero feitos na Unidade Básica de Saúde (UBS) Bom Jesus pelo laboratório Serviço Especializado em Ginecologia (SEG). 

Também foram ouvidos os trabalhadores da UBS que assinaram, em julho de 2017, um segundo memorando de alerta. Nesta terça, foram aprovados os requerimentos de convocação da atual secretária de Saúde de Pelotas, Ana Costa, e da ocupante da pasta no governo Leite, Arita Bergmann, que é atualmente secretária em São Lourenço do Sul.

Com a recusa de convocação pela base do governo, o vereador Marcos Ferreira (PT), o Marcola, renunciou à presidência da CPI. Um novo nome deverá ser indicado pela presidência da Casa. 

Marcola destacou que o entendimento da CPI era de que Eduardo e Paula deveriam comparecer à comissão para prestar esclarecimentos, mas que a base aliada recusou os requerimentos devido à proximidade das eleições. Ele lamenta que a apresentação do requerimento próxima ao pleito possa ter impedido a presença da prefeita e do ex-prefeito na CPI.

“A nossa posição é de que houve por parte do Poder Executivo, no caso, uma negligência frente à preocupação apresentada pelos profissionais nos memorandos. Eu acho que eles deveriam se apresentar espontaneamente. Seria mais bonito para a carreira dele [Eduardo Leite] se apresentar espontaneamente para esclarecer qualquer dúvida que os vereadores tenham”, diz Marcola.

O vereador informa que, apesar de deixar a presidência, o PT irá apresentar um relatório paralelo que será encaminhado ao Ministério Público, à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal. (Por Sul21 - Foto: Bernardo Jardim Ribeiro)


0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que o investimento cabe direitinho no seu bolso!

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.