sábado, 18 de agosto de 2018

PELOTAS – PREFEITURA ACIONA LABORATÓRIO NA JUSTIÇA PARA OBTER EXAMES PRÉ-CANCER

A Prefeitura de Pelotas, na metade Sul, entrou na Justiça para pedir a liberação das lâminas dos exames citopatológicos realizados pelo Serviço Especializado de Ginecologia (SEG). 

A determinação é da prefeita Paula Mascarenhas, que busca encaminhar o material para reanálise no Hospital das Clínicas, em Porto Alegre. A instituição mantém uma unidade certificada para realizar esse tipo de procedimento. Segundo a prefeitura, a SEG não quer liberar o acesso às amostras.

Em razão disto, a Procuradoria-Geral do Município entrou com uma ação, nesta quinta-feira, de produção antecipada de prova, que busca garantir as lâminas necessárias para a contraprova. 

“Queremos a verdade. Não estamos acusando ninguém, mas precisamos ter essas respostas e garantir a segurança das milhares de usuárias do SUS na cidade”, afirmou a prefeita.

O município quer refazer 2,1 mil testes no período entre 2014 e 2017, número considerado cientificamente suficiente para apontar se ocorreram problemas ou não nos resultados divulgados pelo SEG. 

A quantidade de laudos a serem reavaliados atende uma recomendação do médico epidemiologista César Victora, que coordena o Centro Internacional de Equidade em Saúde da Universidade Federal de Pelotas.

O Ministério Público recolheu em 20 de julho, 17 mil amostras de pré-câncer correspondentes ao período de janeiro de 2017 a junho de 2018 armazenadas no laboratório que está sendo investigado por, supostamente, realizar a análise por amostragem dos exames.

O material permanece Instituto-Geral de Perícias (IGP) em Porto Alegre, sob custódia, até ser periciado. A advogada do laboratório, Cristiane Ualt da Fonseca, fala que o momento é delicado para que o SEG ceda o material para o município. 

“Parte dos exames, do período de 2017 e 2018, que são em torno de 17 mil lâminas, estão em poder de uma instituição séria e parcial, que é o Ministério Público”, relata. Ela lembra que o MP e a Polícia Federal também estão fazendo investigações. (Angélica Silveira/Correio do Povo - Foto: Gustavo Vara / Prefeitura de Pelotas)


0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que o investimento cabe direitinho no seu bolso!

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.