quinta-feira, 2 de agosto de 2018

PELOTAS - EXAMES DE CÂNCER NO COLO DO ÚTERO SERÃO RETOMADOS NA PRÓXIMA SEMANA EM CIDADES DO SUL DO RS

Contrato de 180 dias com hospital de Piratini e prevê a realização de 2 mil exames citopatológicos. Análises haviam sido suspensas depois que o laboratório que prestava o serviço passou a ser investigado por suspeita de fraude

A partir da próxima segunda-feira, dia 6 de agosto de 2018, serão retomadas as coletas de exames preventivos de câncer no colo do útero em Pelotas e outras noves cidades da Região Sul do Rio Grande do Sul. 

As Secretarias de Saúde dos municípios suspenderam as análises depois que o laboratório SE, que prestava o serviço, passou a ser investigado por suspeita de fraude nos resultados.

A Procuradoria Geral do Município (PGM) pelotense aprovou o processo de dispensa de licitação para a contratação emergencial do Hospital de Caridade Nossa Senhora da Conceição, de Piratini. O contrato com duração de 180 dias prevê a realização de 2 mil exames citopatológicos, cada um ao custo de R$ 16.

Mulheres com amostras coletadas há mais de 15 dias serão chamadas pela Secretaria Municipal de Saúde para refazerem o exame. O edital para a contratação de um laboratório definitivo já foi aberto, e as propostas deverão ser conhecidas no dia 20 de agosto.

Segundo informações da Prefeitura de Pelotas, a secretária de Saúde Ana Costa voltou a assumir a secretaria na terça-feira, dia 31 de julho de 2018. 

Ela havia saído de férias no último dia 16, quando a prefeita Paula Mascarenhas assumiu a pasta e determinou a abertura de uma sindicância para apurar as denúncias de que os exames do pré-câncer eram feitos por amostragem.

O Laboratório SE – Serviço Especializado de Ginecologia disse, em nota, que nunca deixou de fazer as análises enviadas pelas UBS de Pelotas e dos nove municípios da região, nos 40 anos que atende a rede pública de saúde.

O Ministério Público Estadual recolheu 17 mil amostras de exames de câncer de colo do útero no laboratório SE, em Pelotas. O material foi enviado para o Instituto Geral de Perícias (IGP), em Porto Alegre.

A Polícia Federal apura as denúncias. Uma comissão, na Câmara de Vereadores de Pelotas, também vai investigar o caso. (Por G1 RS - Foto: Reprodução/RBS TV)


0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que o investimento cabe direitinho no seu bolso!

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.