terça-feira, 21 de agosto de 2018

INFORMATIVO - EQUIPAMENTOS PARA MOBILIDADE NÃO CONTAM NO LIMITE DE BAGAGENS

Decreto presidencial publicado na sexta-feira, dia 17 de agosto de 2018, no Diário Oficial da União (DOU) isenta pessoas com deficiência da cobrança de excesso de bagagem no bagageiro ou porta-embrulhos de equipamentos que viabilizem sua mobilidade.

A norma vale tanto para viagens rodoviárias interestaduais como internacionais e abrange qualquer tecnologia usada por esses cidadãos que facilite seu deslocamento. Assim, cadeiras de roda, bengalas, andadores, muletas e outras formas de tecnologia assistiva não geram excesso de bagagem.
Legislação

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) regula os direitos das pessoas com deficiência no uso desse tipo de transporte. Entre as garantias já previstas está o tratamento prioritário na prestação de serviços, sem pagar nenhuma taxa extra por isso.

Além disso, o embarque e desembarque desses passageiros deve ser assegurado pelas empresas transportadoras. Para tanto, podem adotar diversas estratégias previstas na lei, desde passagem em nível do veículo para a plataforma ou rampa móvel, por exemplo. 

As companhias que descumprirem as resoluções da ANTT ficam sujeitas ao pagamento de multa.  (Governo do Brasil, com informações do Ministério dos Direitos Humanos e ANTT - Foto: Arquivo/Agência Brasil)


0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que o investimento cabe direitinho no seu bolso!

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.