sábado, 25 de agosto de 2018

INFORMATIVO - ACADEMIA RIO-GRANDENSE DE LETRAS LANÇA SEGUNDA EDIÇÃO DE PRÊMIO LITERÁRIO E INCLUI CATEGORIA INFANTIL

Estão abertas as inscrições para a segunda edição do concurso literário da Academia Rio-Grandense de Letras (ARL), que este ano incluiu Melhor Livro de Literatura Infantil, até o dia 24 de setembro de 2018.

As três categorias são Melhor Livro de Poesia, Melhor Livro de Literatura Infantil e Melhor Tese ou Dissertação sobre Literatura Gaúcha. 

O PRÊMIO ACADEMIA RIO-GRANDENSE DE LETRAS, conferido anualmente, tem como objetivo destacar autores gaúchos que tenham obra consistente e de qualidade no cenário nacional, assim como promover a crítica literária sobre a literatura gaúcha.

Será concedido o Troféu Carlos Urbim ao melhor livro de literatura para a infância, independente de gênero, de autor sul-riograndense publicado nos anos de 2016 e 2017, em primeira edição. O melhor livro de poesia publicado no ano de 2017, em primeira edição, receberá o Troféu Alceu Wamosy. 

E para a melhor tese ou dissertação sobre literatura gaúcha em nível de mestrado ou de doutorado, que tenha como tema a obra de um autor sul-rio-grandense ou um texto literário escrito por autor do Estado (que tenha sido defendida nos anos de 2016 e 2017 em qualquer instituição de ensino superior), será entregue o Troféu Dyonélio Machado.

No ano passado, Germana Zanettini recebeu o Troféu Alceu Wamosy pelo livro Eletrocardiodrama (Editora Laranja Original), e na categoria Dissertação Acadêmica, Daniele Marcon, da Universidade de Caxias do Sul, levou o Troféu Dyonélio Machado, com a tese Afinal de contas, o que é um gaúcho? Erico Verissimo e as identidades regionais do Rio Grande do Sul. Na ocasião, Luis Fernando Verissimo foi homenageado pela Academia com o Troféu Escritor do Ano, depois de escolhido em votação pelos acadêmicos.

Os nomes dos prêmios homenageiam os escritores gaúchos Alceu Wamosy, jornalista e poeta simbolista, patrono da Cadeira 40 da Academia, o modernista Dyonélio Machado, ficcionista e ensaísta, autor de Os ratos e O louco do Cati, que ocupou a Cadeira 38 de 1979 a 1985, e o jornalista Carlos Urbim, importante escritor de histórias infanto-juvenis, conhecido por obras como Um guri daltônico e Uma graça de traça, que faleceu em 2015 e ocupou a Cadeira 40 da Academia. 

A ARL, fundada em 1901, é composta de 40 membros, eleitos por critérios de mérito literário e relevância na cena literária gaúcha. Sua sede preserva uma pinacoteca com obras doadas e uma biblioteca com livros de escritores do Estado, além de documentos de memória da instituição.

Os troféus serão confeccionados pelo artista visual Lucas Strey, entregues em cerimônia prevista para dezembro. Lucas Strey possui graduação em Artes Visuais com ênfase em escultura pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2010). Reside e trabalha em Porto Alegre, onde atua na empresa "Atelier Strey - arte e design" como diretor de arte, artista visual e professor de escultura. Entre outros projetos, desenvolve um trabalho de palestras performáticas em escolas, universidades e eventos literários abordando o tema da literatura na canção.

A inscrição deve ser realizada pelo autor ou por alguém que o represente, e exclusivamente pelo Correio, enviada para a sede da Academia (Rua dos Andradas, 1234, conj. 1002 - CEP 90020-008 - Porto Alegre - RS).

O regulamento do Prêmio pode ser acessado no site da ARL http://www.arl.org.br. Mais informações podem ser obtidas por meio dos e-mails: contato@arl.org.br ou caioriter@uol.com.br. (Assessoria de Imprensa e Produção de Conteúdo)




0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que o investimento cabe direitinho no seu bolso!

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.