quinta-feira, 9 de agosto de 2018

CAMAQUÃ - COMISSÃO DE SAÚDE DA CÂMARA SE REÚNE COM DIRETORIA DO HOSPITAL NOSSA SENHORA APARECIDA

Segundo a entidade, o hospital está regularizado perante o Estado e, para que se absorva novos trabalhos, é preciso que se dialogue com o Município e com o Estado, para se definir questões financeiras

Na manhã da quarta-feira, dia 1º de agosto de 2018, os Vereadores membros da Comissão de Saúde, Meio Ambiente, Assistência Social e Habitação, da Câmara de Vereadores de Camaquã, reuniram-se com a diretoria do Hospital Nossa Senhora Aparecida (HNSA), na própria instituição de saúde, e com o secretário municipal da Saúde, Luciano Pereira Dias.

Na reunião, se tratou sobre a demanda reprimida de procedimentos de saúde em Camaquã. Representaram o hospital o presidente da instituição, José Altamiro Alencastro, o diretor de controladoria, Cléber Dorneles, e a assessora administrativa, Eunice Ignacio.

O que diz o hospital

Segundo o diretor de controladoria do Hospital Nossa Senhora Aparecida (HNSA), Cléber Dorneles, “a equipe do hospital não tem realizado cirurgias, acima da cota que consta em contrato, e que esperam pela realização, devido à saturação da equipe cirúrgica”. Além disso, segundo ele, “a demanda reprimida não foi repassada até o momento, pelos órgãos de saúde, para a instituição”, afirma.

Conforme Cléber, “está sendo tratado com a equipe sobre o aumento das atividades, o que gera readequação financeira, para que se aumente o número de procedimentos realizados e se diminua o número de pacientes na fila por cirurgias”, diz.

Conforme a assessora administrativa do Hospital, Eunice Ignacio, “para que se realize novos procedimentos é preciso que se analise a lista de cirurgias atrasadas, que deve ser repassada pela Secretaria Municipal da Saúde, se realize os procedimentos legais e administrativos, para, dessa maneira, se avançar na realização dos trabalhos”, pontua. 

No entanto, a instituição esclarece que, embora realize os serviços, é de responsabilidade dos órgãos de saúde públicos repassar a lista de pacientes que esperam pela realização das cirurgias. 

Segundo Cléber Dorneles, "o hospital está fazendo a sua parte e está regularizado perante o Estado. Porém, para absorver novos trabalhos é preciso que se dialogue, com o Município e com o Estado, para se definir questões financeiras, pois, o maior desafio é ter recursos à disposição", informa. 

Apoio do Estado

Para o secretário municipal de Saúde, Luciano Pereira Dias, "a reunião é importante para buscar resolver os desafios da área no Município. A secretaria busca colaborar e ser parceira do hospital. Mas, além de nós, precisamos do apoio do Estado", argumenta. 

De acordo com o presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal, vereador Vinícios Araújo, “o foco da Comissão é promover o diálogo e avançar nas tratativas para diminuir a demanda reprimida de alguns procedimentos do município de Camaquã na área da saúde”, diz.

A Comissão de Saúde, Meio Ambiente, Assistência Social e Habitação é permanente e é composta pelo presidente, vereador Vinícios Araújo (MDB), vice-presidente, vereador Ilson Meireles (PP), e pelo secretário, vereador Fabiano Medeiros (PDT). (Ascom Câmara de Vereadores – Júlio Souza – Mtb-16935 – Foto: Júlio Souza)


0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que o investimento cabe direitinho no seu bolso!

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.