quinta-feira, 21 de junho de 2018

SANTA CRUZ DO SUL - ASSALTANTE É MORTO POR DONO DE JOALHERIA, DURANTE TENTATIVA DE ASSALTO NO CENTRO

Em meio à movimentação do fim da tarde na Rua Ramiro Barcelos, no Centro de Santa Cruz do Sul, um estampido chamou atenção dos comerciantes e de quem passava na quarta-feira, 20. A cena de um homem caído, no meio da via, destoava do ritmo habitual do local. 

No chão, estava um homem que havia tentado assaltar uma joalheria, localizada na mesma rua, minutos antes. A ação foi frustrada pelo proprietário, que reagiu e atirou contra o bandido. Ele morreu no local. A identidade ainda não foi confirmada pela Polícia Civil. 

Segundo a Brigada Militar, o homem e outros dois comparsas teriam entrado na joalheria por volta das 18 horas. Eles teriam anunciado o assalto e, um deles, teria colocado a mão na cintura, fazendo menção de estar armado. 

Já o outro teria jogado um pano em direção aos funcionários e ordenado que as vítimas colocassem ali dinheiro e produtos da loja. Os assaltantes não esperavam que o proprietário, que possui porte de armas, reagisse. Ao perceber a ação, ele sacou a arma e os criminosos fugiram. 

Dois dos bandidos entraram em um Citroen C3, de cor preta, que estava esperando e conseguiram escapar. O outro, no entanto, foi atingido por um disparo nas costas. Ele morreu antes que a ambulância dos Anjos em Ação chegasse no local. Com ele, não foi encontrada arma. 

O carro usado no assalto foi abandonado pelos bandidos pouco depois, na Rua Jair Calixto, no Bairro Faxinal Menino Deus. A investigação vai apurar se não havia outros comparsas esperando o trio dentro do veículo. 

Segundo a delegada Ana Luísa Aita Pippi, titular da 1ª Delegacia de Polícia, a arma de onde partiu o disparo estava registrada e foi apreendida. O dono da loja será ouvido hoje pela Polícia Civil. Ele deve alegar legítima defesa, já que foi alvo de uma tentativa de roubo. Nestas situações, o autor do tiro não é preso em flagrante pelos policiais. 

A origem do carro usado na tentativa de assalto será esclarecida pela perícia. O que se sabe é que estava em situação de furto/roubo. No momento do roubo, estava com placas clonadas de Novo Hamburgo. “Só com a perícia sabermos o chassi correto do veículo e identificaremos de onde foi roubado ou furtado”,  finaliza a delegada. 

Identidade do assaltante é desconhecida

O nome do assaltante morto no assalto ainda é um mistério. Ele não portava documentos de identificação e nenhum possível parente procurou por ele. Informações podem ser repassadas para a Polícia Civil pelo 197 ou à Brigada Militar pelo 190. (Por: Redação Portal Gaz - Foto: Bruno Pedry)


0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que o investimento cabe direitinho no seu bolso!

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.