quarta-feira, 13 de junho de 2018

CAMAQUÃ - OPERAÇÃO HUMO INVESTIGA CONTRABANDO DE CIGARRO NO MUNICÍPIO

Em operação conjunta da Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal está sendo realizada a Operação Humo com o objetivo de desarticular rede de distribuidores de cigarro de origem paraguaia com atuação nos três estados da região sul e no Uruguai. Em Camaquã, a ação está ocorrendo na Avenida José Loureiro da Silva, com apoio de oito policiais.

Cerca de 200 policiais federais e 80 policiais rodoviários federais participam da ação. São cumpridos 53 mandados de busca e apreensão e 22 de prisão nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Outros locais em Camaquã devem ser fiscalizados ao longo o dia.

São alvos da ação policial os depósitos de mercadorias, estabelecimentos comerciais e endereços residenciais vinculados aos investigados. Também são objetos da Operação o sequestro de bens (32 veículos) e o bloqueio de valores de contas bancárias de 16 pessoas.

O inquérito foi instaurado pela Polícia Federal no Chuí em setembro de 2017, a partir da apreensão de uma carga de 70 mil cigarros contrabandeados, que seria distribuída no Uruguai, onde essa mercadoria é vendida por valor mais alto do que no Brasil. 

A partir dessa apreensão, os investigadores iniciaram o mapeamento de uma grande rede de distribuição da mercadoria ilegal para diversos pontos do Rio Grande do Sul, principalmente para Porto Alegre e região metropolitana, Pelotas, Rio Grande, litoral sul do Estado e cidades da fronteira com o Uruguai.

Também foram identificados distribuidores do contrabando em Foz do Iguaçu e Marumbi, no Paraná, e na cidade catarinense de Palhoça.

Desde o início da investigação, foram apreendidos pela PF e pela PRF mais de 1,4 milhão de maços de cigarro, presas 34 pessoas em flagrante e apreendidos 31 veículos avaliados em mais de 900 mil reais, no âmbito da Operação Humo. Somente com essas apreensões, a estimativa de créditos tributários evadidos supera 10 milhões de reais.

Os crimes investigados na Operação Humo são contrabando, organização criminosa, corrupção de menores, lavagem de capitais e falsidade ideológica. (Por: Valesca Luz - PRF / Foto: Milton Gmelli / Acústica FM - Divulgação: PRF)





0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que o investimento cabe direitinho no seu bolso!

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.