sábado, 5 de maio de 2018

RIO GRANDE - MUTIRÃO DE REGULARIZAÇÃO DE IMÓVEIS ATENDEU 400 FAMÍLIAS

A Secretaria de Obras, Saneamento e Habitação (SOSH), promoveu, na quinta e sexta-feira, dias 3 e 4 de maio de 2018, mutirão para regularização dos imóveis da extinta Companhia de Habitação do Estado do Rio Grande do Sul (Cohab) em Rio Grande. 

A atividade serviu para esclarecer e incentivar a regularização das escrituras dos imóveis dos moradores das Cohabs 1, 2 e 4, além dos residentes do Parque Marinha. Também ocorreu na Câmara de Vereadores audiência pública para orientar a população e autoridades. 

Atualmente, a Cohab possui mais de 50 mil imóveis para quitação ou comercialização no Rio Grande do Sul, distribuídos em cerca de 130 municípios, todos ocupados desde a construção dos núcleos habitacionais, ocorrida entre as décadas de 1970 e 1990. Somente em Rio Grande são 4 mil moradias da Cohab, metade requer a regularização. O mutirão atendeu mais de 400 pessoas. 

“As atividades superaram a nossa expectativa. Um grande número de famílias aproveitou a oportunidade para encaminhar a regularização de suas casas. Ficamos felizes e emocionados em ver as pessoas realizando um sonho de 30 anos”, salientou o secretário-adjunto de Obras, Sandro Boka Oliveira.

Para o secretário Rogério Salazar, a iniciativa que busca a promoção da habitação popular tem relação direta com a cidadania. “A casa própria regularizada é um sonho dos brasileiros. Com a parceria entre governo do Estado, prefeituras, Defensoria Pública e cartórios, estamos ampliando os mecanismos para a regularização dos imóveis da extinta Cohab em todo o estado”, afirmou.

A regularização dos imóveis da extinta Cohab está entre as metas do governo estadual para a promoção do desenvolvimento social. “Fechamos parceria com a prefeitura e a secretaria municipal de Habitação intermediará a entrega dos documentos. O mutirão é fundamental para aproximar a Secretaria da necessidade da população e encaminhar a solução”, destacou a diretora do departamento de Habitação da SOSH,  Kellen Viegas de Mattos. 

A atividade também contou com a presença do secretário de Habitação e Regularização Fundiária de Rio Grande, Gilmar Ávila, e com o diretor de Desenvolvimento Urbano da secretaria estadual Rodrigo Reis.

O atendimento à população foi feito pelos técnicos da secretaria que atuam na força-tarefa da extinta Cohab. A atividade ocorreu na Escola Estadual de Ensino Médio Roberto Bastos Tellechea, no bairro Parque Marinha.

Saiba mais

Em 2015, o governo do Estado propôs alterações na legislação da extinta Cohab RS, através da Lei nº 14.779 que permitiu aos moradores facilidades no reconhecimento da titularidade dos imóveis já quitados, concedendo a escritura pública definitiva ao atual morador que comprove, por meio de documentos e testemunhas, a ocupação do imóvel pelo período mínimo de 5 anos, como sendo moradia própria ou de sua família, e não ser proprietário de outro imóvel.

Assim, os moradores que possuem 'contratos de gaveta' e até então estavam impedidos na maioria de receber a escritura por falta de documentos, terão a facilidade de reconhecimento da titularidade administrativamente (sem processo judicial de usucapião).

Somente no ano de 2017 houve mutirões de atendimento em cinco municípios gaúchos, atendendo cerca de 2 mil famílias em Catuípe, Ijuí, Santana do Livramento, Itaqui e Santa Maria. (Texto: Saul Teixeira/ Ascom SOSH - Edição: Léa Aragón/ Secom - Foto: Divulgação)


0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que você o investimento cabe direitinho no seu bolso.

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.