quarta-feira, 16 de maio de 2018

INFORMATIVO – DURANTE OS EVENTOS DO MAIO AMARELO, DEPUTADO ZÉ NUNES LAMENTA QUE BR-116 SEJA A CAMPEÃ DE ACIDENTES

O mês de maio é dedicado à campanha pela diminuição de morte no trânsito. A BR-116, no trecho Guaíba - Pelotas é a rodovia campeã de acidentes no Estado. 

Segundo o coordenador da Frente Parlamentar pela Conclusão da Duplicação da BR 116 na Assembleia Legislativa, deputado estadual Zé Nunes (PT), o grande problema, é o auto custo do petróleo pela política da Petrobras, o que aumenta o valor do asfalto. 

“Temos um valor de R$ 100 milhões para este ano. As obras de terraplanagem estão sendo feitas, mas não sem os acabamentos. A estrada já poderia ter trechos liberados, considerando que falta pouco para a conclusão. Estamos trabalhando para que este processo seja agilizado, para que os termos aditivos sejam finalizados, e claro, por mais recursos para a estrada”, declarou.

Pela BR 116, anualmente, passam mais de 4,5 milhões de veículos. Diariamente, são 1125 caminhões contêineres que utilizam a rodovia. “Temos uma perda estimada em R$ 2 milhões por dia por conta da não duplicação dessa estrada”, comentou Zé Nunes, lembrando que em 2016, morreram 38 pessoas e em 2017, 30 pessoas. “Podíamos ter evitados 68 mortes”, lamentou.

Está previsto para o dia 30 de maio, encontro com a superintendência da Polícia Rodoviária Federal no Rio Grande do Sul, para divulgação dos números da Campanha Maio Amarelo, de segurança no trânsito, tendo como ênfase as ações realizadas na BR 116. (Ascom Dep. Zé Nunes – Foto: Divulgação)


0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que o investimento cabe direitinho no seu bolso!

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.