sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

PELOTAS - APÓS CIRURGIA NA GRAVIDEZ E RECUPERAÇÃO EM UTI, MÃE SEGURA GÊMEOS NO COLO UM MÊS DEPOIS DO PARTO

Uma mãe de Pelotas, no Sul do estado, pôde segurar os filhos gêmeos pela primeira vez um mês depois do parto. Theo e Pedro nasceram no dia 7 de dezembro do ano passado, após uma gestação complicada. Para salvar os bebês, a mãe dos dois, a estudante Katiuscia Motta, precisou passar por uma cirurgia inédita quando ainda estava grávida.

A cirurgia foi realizada em outubro no Hospital Universitário da cidade. Cerca de 40 dias depois, os gêmeos nasceram: Pedro com 1,860 kg, e Theo, com 1,395 kg. Os bebê ficaram ainda 19 dias na UTI neonatal e depois mais um tempo na UTI semi-intensiva.

"Eles ficaram dias assim, sem eu poder nem pegar no colo. Então, esse momento para mim, hoje, foi o maior presente que eu poderia ganhar no início do ano", comemorava Katiuscia.

Cirurgia

O procedimento feito em 28 de outubro para salvar os gêmeos foi uma cauterização nos vasos que alimentavam os bebê de forma desigual.

Um deles estava subnutrido, enquanto o outro poderia desenvolver insuficiência cardíaca por causa da grande quantidade de sangue que recebia. A condição ameaçava a vida dos filhos de Katiuscia.

"A gente espera, quando fica grávida, que seja uma coisa maravilhosa (...) e sempre que aparece um probleminha, a gente dá uma balançadinha, mas a gente vai levando", afirmou Katiuscia na época da cirurgia.

Apesar dos riscos, a operação foi um sucesso, e os meninos nasceram no dia 7 de dezembro, com 31 semanas de gestação.

"Nasceram e foram direto para a UTI Neonatal. Tiveram alta depois de 19 dias internados conosco. No dia 26 de dezembro tiveram alta para UTI semi-intensiva, que é uma UTI onde eles vão ganhar peso, aprender a mamar e criar um vínculo maior com a mãe", conta a médica Ana Rita Freitas.

Quase um mês depois do nascimento, eles já haviam sido liberados para o quarto – e a mãe pôde, enfim, segurar os dois filhos no colo. Theo ainda precisa ganhar peso, e por isso deve ficar mais alguns dias no hospital.  (Por G1 RS - Foto: Reprodução/RBS TV)


0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que você o investimento cabe direitinho no seu bolso.

Ligue agora mesmo para o fone (51) 9.9655.0036 - whats (51) 9.8112.1310 ou envie um e-mail para camaquaonline@gmail.com.