domingo, 10 de dezembro de 2017

RS - MOTORISTA DE TRANSPORTE ESCOLAR É PRESO POR SUSPEITA DE ABUSAR DE MENOS CINCO MENINAS

Um motorista de transporte escolar de 51 anos foi preso na tarde da quarta-feira, dia 6 de dezembro de 2017, em Santo Cristo, no Noroeste do Rio Grande do Sul, por suspeita de estupro de vulnerável. A investigação da Polícia Civil apontou que ele abusou de, pelo menos, cinco meninas que usavam o transporte para ir às aulas.

"A conduta consistia em assediar elas, fazer propostas de cunho sexual, passar a mão em partes íntimas, convidar para ir para a casa dele para manter relações sexuais, acampar com ele, ao ponto de que algumas meninas deixaram de frequentar oficinas da escola, e outras deixaram de usar o transporte por medo", disse o delegado Delvéquio Kronbauer.

Os relatos foram colhidos em depoimentos das adolescentes, ouvidos por policiais mulheres, acompanhadas por uma conselheira tutelar. "É uma investigação complexa, e temos que ter cuidado para não vitimizar ainda mais as meninas", explica o delegado.

Segundo ele, todas as estudantes ouvidas relataram as mesmas atitudes por parte do motorista, o que aumentou a suspeita que ele vinha cometendo o crime várias vezes há algum tempo. O delegado solicitou ao Judiciário um mandado de prisão preventiva. Com o pedido atendido, o homem foi levado ao Presídio Estadual de Santo Cristo.

A polícia não tem indícios de que um ato sexual tenha sido consumado. Ainda assim, conforme o Código Penal, o motorista responde por estupro de vulnerável, por ter abusado de menores de 14 anos. (Por Lisiane Sackis, RBS TV)


0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que o investimento cabe direitinho no seu bolso!

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.