quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

ARROIO DOS RATOS - OPERAÇÃO FECHA DOIS DESMANCHES E APREENDE 40 TONELADAS DE SUCATA

A 54ª edição da Operação Desmanche fechou dois estabelecimentos clandestinos em Arroio dos Ratos, na região Centro-Sul, na quinta-feira, dia 14 de dezembro de 2017. Nos locais, que também funcionavam como oficina mecânica, as autoridades apreenderam cerca de 40 toneladas de sucata automotiva.

A força-tarefa, designada pelo governador José Ivo Sartori em fevereiro de 2016, combate a receptação e o desmanche de veículos roubados nos chamados ferros-velhos irregulares. Desde a primeira edição, prendeu mais de 60 pessoas, interditou 90 estabelecimentos e apreendeu mais de três mil toneladas de sucata.

Para o coordenador da Desmanche, tenente-coronel Cesar Augusto Pereira da Silva, a expansão das atividades para outras regiões é fundamental. "Este ano, além de dar continuidade ao trabalho, foi bastante dedicado às operações no interior buscando a redução dos índices de furto e roubo de veículos em outras regiões do Estado", disse.

Trabalho Integrado

A operação é resultado da união de esforços entre Polícia Civil, Brigada Militar, Instituto-Geral de Perícias e o Detran/RS. As peças apreendidas são encaminhadas à Gerdau que, graças a uma parceria com o Estado, as transformam em material de trabalho, dando novo destino aos objetos reciclados.

A ação já passou por 27 municípios gaúchos: Santa Maria, Carlos Barbosa, Sapiranga, Eldorado do Sul, Erechim, Guaíba, Porto Alegre, Cachoeirinha, Portão, Gravataí, Viamão, Sapucaia do Sul, Canoas, Novo Hamburgo, Montenegro, Pelotas, São Sebastião do Caí, Estrela, Parobé, Esteio, Alvorada, Camaquã, Caxias do Sul, Arroio dos Ratos, Capão da Canoa e Torres.

Consulta a peças

O consumidor pode ajudar a desestimular o comércio ilegal de peças usadas, comprando somente em empresas credenciadas ao Detran/RS. Essas empresas têm na fachada o logotipo da autarquia, e cada peça é vendida com código de barras e nota fiscal eletrônica. 

Nos chamados Centros de Desmanches de Veículos (CDVs), além da garantia de origem lícita, as peças passam pelo aval de um responsável técnico que atesta suas condições de segurança. (Texto: Bárbara Barros/SSP - Edição: Gonçalo Valduga/Secom)

 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que o investimento cabe direitinho no seu bolso!

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.