INFORMATIVO - SAÚDE DO HOMEM E VIOLÊNCIA SOFRIDA POR JOVENS PAUTAM MANIFESTAÇÕES DE ZILÁ NA ABERTURA DO NOVEMBRO AZUL

O início do Novembro Azul e prevenção do câncer de próstata pautaram as manifestações da líder do PSDB na Assembleia Legislativa, deputada Zilá Breitenbach, na quarta-feira, dia 1º de novembro de 2017, durante espaço de liderança do partido na sessão plenária. A parlamentar tucana explicou que este mês é dedicado aos cuidados com a saúde masculina em razão das comemorações do Dia Internacional do Homem, em 19 de novembro.

Zilá relatou que a cada 38 minutos morre um homem de câncer de próstata. “Praticamente em uma hora morrem dois homens de uma doença que tem cura, prevenção e pode ser bem acompanhada com resgate da qualidade de vida”, observou.

Entre as atuações parlamentares de Zilá estão a elaboração de materiais informativos e parcerias com instituições que orientam e conscientizam os gaúchos sobre a importância da prevenção ao câncer de próstata. “Fui a primeira deputada que estabeleceu parceria com o Instituto da Próstata para reforçar a busca dos homens por ações preventivas”, disse.

VIOLÊNCIA CONTRA OS JOVENS

A deputada também falou sobre os números da segurança pública, com ênfase na violência sofrida por jovens. Ela lamentou que, a cada sete minutos, uma criança ou um adolescente são mortos no mundo. “Algumas das piores taxas estão no Brasil, segundo relatório recente da ONU”, apontou. Zilá ressaltou que é preciso resolver a crise financeira do Estado para promover mais investimentos nas áreas da Segurança e da Educação.

A parlamentar afirmou que na Assembleia foram encaminhadas várias iniciativas que objetivaram melhorar essa situação, mas muitos se opuseram. “É evidente que todos nós queremos pagar mais e melhor os professores e os brigadianos. Aliás, é de se lamentar a falta de consenso ao redor das iniciativas que buscavam alternativas para um quadro melhor, como no caso da venda de imóveis e de instituições que dão prejuízos ao Estado”, ponderou.

Para Zilá, a sociedade precisa lembrar que, por 40 anos, o Rio Grande do Sul gastou mais que poderia. “Aqueles que cobram mais eficiência do Estado, são os mesmos que impedem a votação da proposta de privatização da CEEE, CRM e Sulgás. Para fazer gestão é preciso promover escolhas. A melhor opção neste momento é priorizar Saúde, Educação, Segurança e Infraestrutura”, finalizou. (Texto: Luís Gustavo Machado (Jornalista – MTE 15280)

 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

Você é a favor ou contra a compra da Usinde Asfalto para Camaquã, por cerca de R$ 5 milhões?

Você é a favor ou contra o Horário de Verão?

Você é a favor do trânsito na Bento Gonçalves ser única mão, próximo à rótula do Rua 7 de Setembro?

Como você avalia o Governo Ivo, nos três primeiros meses?

Você aprova a alteração de trânsito realizada na Av. Bento Gonçalves esquina com Sete de Setembro?

Você concorda em liberar os CCs de bater ponto, como ocorreu na Câmara de Vereadores da Capital?

O trânsito de Camaquã melhorou com a atuação dos agentes de trânsito?

Vereadores de Camaquã aprovaram o projeto que cria o estacionamento rotativo. Você é: