CAMAQUÃ - JUSTIÇA ELEITORAL CASSA VEREADORES DO PSDB, POR FRAUDE EM COTA DE GÊNERO

A Justiça Eleitoral decidiu pela cassação dos diplomas dos três vereadores do PSDB de Camaquã, por fraude na cota de gênero do partido, que não teria sido respeitada. A decisão em primeira instância é do juiz da 12ª Zona Eleitoral, Felipe Valente Selistre.

Conforme a sentença, o juiz julga procedente a ação movida pelos candidatos Marconi Dreckmann e Leomar Boeira e reconhece a fraude na composição da lista de candidatos à eleição proporcional da Coligação Para Mudar e Renovar Camaquã. O PSDB é acusado de registrar duas mulheres como candidatas, sem que elas tivessem a inteção de participar do pleito, não obtendo nem o próprio voto.

Na prática, além dos vereadores eleitos pelo partido, todos os demais candidatos também estão irregulares. Com a decisão da justiça, os vereadores serão afastados dos cargos e feito um recálculo. Os vereadores Elemar Venske (Mazinho), Luciano Delfini e Mozart dos Santos são afetados pela sentença.

Com a saída dos vereadores do PSDB, os candidatos Marivone Tavares (PT), Marconi Dreckmann (DEM) e Leomar Boeira (PMDB) devem assumir uma cadeira cada no legislativo camaquense. A decisão do juiz ainda cabe recurso. (Por: Rodrigo Vicente - Foto: Arquivo/Acústica FM)


0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

Você é a favor ou contra a compra da Usinde Asfalto para Camaquã, por cerca de R$ 5 milhões?

Você é a favor ou contra o Horário de Verão?

Você é a favor do trânsito na Bento Gonçalves ser única mão, próximo à rótula do Rua 7 de Setembro?

Como você avalia o Governo Ivo, nos três primeiros meses?

Você aprova a alteração de trânsito realizada na Av. Bento Gonçalves esquina com Sete de Setembro?

Você concorda em liberar os CCs de bater ponto, como ocorreu na Câmara de Vereadores da Capital?

O trânsito de Camaquã melhorou com a atuação dos agentes de trânsito?

Vereadores de Camaquã aprovaram o projeto que cria o estacionamento rotativo. Você é: