terça-feira, 21 de novembro de 2017

AMARAL DE FERRADOR - NOTA DE ESCLARECIMENTO DA PREFEITURA SOBRE REPASSES AO HOSPITAL SÃO JOSÉ

A Administração Municipal de Amaral Ferrador vem externar para nossa população, que, devido as palavras da presidente da Sociedade Hospitalar São José, através dos meios de comunicação, que sua versão está totalmente equivocada e não condiz com a realidade. Não são onze meses de atraso no repasse, existem seis da gestão passada que estão em discussão na via judicial sem reconhecimento de direito pela justiça.

Os outros alegados, além de não serem meses ininterruptos, gozam de problemas na prestação de contas apresentada ao CMS (Conselho Municipal de Saúde). O CMS, notificou à Sociedade Hospitalar São José, que na ocasião se limitou a dizer que são informações privadas, sendo ilegais tais pedidos.

A atual administração fez o repasse de 8 meses (financeiro) e 2 (orçamentários), considerando que 2 são da gestão passada. Tendo em conta as irregularidades nas prestações de contas, o Conselho Municipal de saúde, vetou o repasse a partir das irregularidades. Esses 8 meses foram aprovados pelo Conselho, porém com "Ressalvas" devido as irregularidades.

Ressaltando, que desde o ano de 2009, a Sociedade Hospitalar São José deixou de ser Hospital e passou a ser um pronto atendimento, em novembro de 2016 perdeu o Alvará Sanitário, obrigatório para seu funcionamento. Sem falar em diversas dívidas trabalhistas que estão em juízo.

Deixemos bem claro, que o CMS (Conselho Municipal de Saúde) nada tem a ver com a administração municipal, pois é composto por pessoas de todos partidos e não tem ligação nenhuma com o Poder Executivo. A administração repassa os R$25.000,00 (vinte e cinco mil reais), mais o pagamento dos médicos plantonistas. Porém só não repassa se o CMS não aprovar as prestações de contas por haver irregularidades e falta informação.

Assim que regularizadas as pendências a verba será repassada normalmente pela administração, pois corre o prefeito o risco de responder por improbidade administrativa, sob pena da lei. Entendemos a necessidade do repasse, respeitamos e admiramos os funcionários que lá trabalham duramente para manter a Sociedade Hospitalar São José de portas abertas.

A administração não tem nada contra os funcionários, apenas age dentro da lei, pois ninguém está a cima dela. Lamentamos e repudiamos quem usa dessa situação como forma de atingir o prefeito e a administração de forma politiqueira, (colocar lenha na fogueira). Sabemos que é uma situação delicada, são muitas famílias que dependem desse repasse, mas não estamos de braços cruzados diante desse desafio. 

O prefeito Nataniel, está empenhado em resolver logo, e normalizar o repasse à SHSJ. Pois a Secretaria de Saúde não mede esforços para que a nossa população tenha o melhor atendimento possível, as ambulâncias estão sempre a disposição, não faltam médicos, temos Enfermeira padrão nos dois postos de saúde (Coxilha e Sede), bem como médico e dentista em ambos. 

O intuito dessa nota, foi esclarecer os fatos e a real situação, temos todos documentos que sustentam o que aqui mencionamos. Em breve teremos mais novidades e como sempre nossa população será informada de tudo. (Assessoria de Comunicação)


0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que o investimento cabe direitinho no seu bolso!

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.