SÃO LOURENÇO DO SUL - ENCONTRO ESTADUAL DE ATENDIMENTO PRÉ HOSPITALAR EM SAÚDE MENTAL – SAMU MENTAL FOI UM GRANDE SUCESSO

No final de setembro, São Lourenço do Sul foi sede do Encontro Estadual de atendimento Pré Hospitalar - o " SAMU MENTAL".

O encontro reuniu profissionais, gestores da Rede de Urgência e Emergência (RUE), Rede de Atenção Psicossocial e setores da rede intersetorial (Bombeiros, Policia Militar, entre outros), onde foi possível fazer uma discussão sobre os protocolos de atendimento e trocas de experiências sobre a saúde mental nos serviços de atendimento pré hospitalar.

A abertura contou com a presença do prefeito municipal Rudinei Harter, da secretaria municipal de saúde Arita Bergmann, do vice-presidente da Câmara de Vereadores Jonatã Harter, do presidente do COSEMS/RS e secretário de saúde de Piratini Diego Espíndola, do coordenador estadual de saúde mental Dr. Luiz Coronel, do delegado da 3ª coordenadoria regional de saúde Gabriel Andina, do Comandante do 5° Pelotão de Bombeiros de São Lourenço do Sul Mauricio Barbosa Kérchirne e do Major Médico Aquiles Gentilini Neto.

O prefeito Rudinei desejou as boas vindas a todos os participantes do evento, e salientou a importância do encontro que une gestores, trabalhadores do SAMU e da Saúde Mental com o objetivo de discutir técnicas e trocas de experiências para melhoria no atendimento ao usuário.

Durante os dois dias de encontro foram abordados diversos temas, como: o atendimento pré hospitalar em saúde mental, as experiências em atendimento pré hospitalar em Brasília, a regulação em saúde mental e redes de apoio nas regionais; mapeamentos de redes e o grupo de trabalho que discutiu as políticas públicas de saúde mental, comunicação terapêutica em momentos de crise e a estigmização da saúde mental e polícia, onde em todos os debates salientaram o pioneirismo do município de São Lourenço do Sul em possuir uma rede bem equipada para o atendimento em saúde mental, além de ter criado o segundo CAPS do Brasil, em 1988.

Um dos momentos de maior destaque foi a participação da equipe do Núcleo de Saúde Mental (NUSAM) do SAMU de Brasília, representados pela psicóloga Andrea Chaves, o psiquiatra Gustavo de Oliveira, a enfermeira Júlia Maria de Oliveira Duarte e a assistente social Nildenice Farias.

A palestrante Andrea Chaves, psicóloga do SAMU Brasília, salientou que o evento foi uma pavimentação de uma estrada para tudo aquilo que pode e deve ser criado dentro da saúde mental e para os pacientes com transtornos psíquicos, para que eles de fato tenham saúde mental, ao invés de transtorno mental.

A acadêmica de enfermagem Gissele Rutz, parabenizou a todos envolvidos na organização do encontro e salientou que: “tive a oportunidade de em dois dias mudar um pouco a minha visão sobre saúde mental, tendo um olhar com mais empatia e principalmente um olhar com muito mais admiração. Com certeza a semente foi plantada em cada um de nós”. (Ascom Prefeitura)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

Você é a favor ou contra o Horário de Verão?

Você é a favor do trânsito na Bento Gonçalves ser única mão, próximo à rótula do Rua 7 de Setembro?

Como você avalia o Governo Ivo, nos três primeiros meses?

Você aprova a alteração de trânsito realizada na Av. Bento Gonçalves esquina com Sete de Setembro?

Você concorda em liberar os CCs de bater ponto, como ocorreu na Câmara de Vereadores da Capital?

O trânsito de Camaquã melhorou com a atuação dos agentes de trânsito?

Vereadores de Camaquã aprovaram o projeto que cria o estacionamento rotativo. Você é: