RS - DEPUTADO ZÉ NUNES BUSCA APOIO DA UVERGS PARA EVITAR VENDA DE AÇÕES

O coordenador da Frente Parlamentar em Defesa do Banrisul Público, deputado estadual Zé Nunes (PT), reuniu-se na terça-feira, dia 23 de outubro de 2017 com o presidente da União dos Vereadores do RS (Uvergs), Vereador Silomar Garcia, para discutir os efeitos da venda de até 49% das ações ordinárias e de todas as ações preferenciais que ainda pertencem ao Estado, anunciada pelo governador Ivo Sartori.

O parlamentar solicitou a colaboração da entidade no resguardo ao caráter público do banco, que é fundamental para a economia dos pequenos municípios e a única instituição financeira presente em 96 cidades gaúchas. Além disso, frisou que o Banrisul é lucrativo e repassa dividendos ao governo estadual, que serão reduzidos drasticamente com a venda das ações.

Para exemplificar, mencionou a venda de ações durante o governo Yeda, que rendeu R$ 800 milhões ao Banrisul e R$ 1,29 bilhão ao Estado, em valores da época. Respectivamente cerca de R$ 1,44 bilhão e R$ 2,16 bilhões em valores atuais. No entanto, na última década, caso a sociedade gaúcha tivesse 26% do capital do Banco, teria recebido apenas R$ 956 milhões em juros e lucros, tendo perdido no período R$ 2,72 milhões caso mantivesse o controle integral do Banco.

O presidente da Uvergs manifestou-se contrário à privatização do banco e garantiu que levará este tema- da venda de ações- para o debate na entidade. Ele informou que o Tribunal de Contas do Estado faz apontamentos em administrações municipais que negociam a folha de pagamento com bancos privados e orienta as prefeituras a priorizarem instituições financeiras públicas.

Participaram da reunião assessores dos deputados Juliano Roso e Manuela D’Ávila, integrantes da frente Parlamentar em Defesa do Banrisul Público, e dirigentes da Federação dos Bancários do RS e do Sindicato dos Bancários de Porto Alegre. (Ascom Dep. Zé Nunes)

 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

Você é a favor ou contra a compra da Usinde Asfalto para Camaquã, por cerca de R$ 5 milhões?

Você é a favor ou contra o Horário de Verão?

Você é a favor do trânsito na Bento Gonçalves ser única mão, próximo à rótula do Rua 7 de Setembro?

Como você avalia o Governo Ivo, nos três primeiros meses?

Você aprova a alteração de trânsito realizada na Av. Bento Gonçalves esquina com Sete de Setembro?

Você concorda em liberar os CCs de bater ponto, como ocorreu na Câmara de Vereadores da Capital?

O trânsito de Camaquã melhorou com a atuação dos agentes de trânsito?

Vereadores de Camaquã aprovaram o projeto que cria o estacionamento rotativo. Você é: