sexta-feira, 20 de outubro de 2017

RIO GRANDE - PF MIRA QUADRILHA QUE TENTOU EXPORTAR COCAÍNA PELO PORTO

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã da quinta-feira, dia 19 de outubro de 2017, a Operação Caravelas para desarticular um grupo criminoso que tentou exportar para a Espanha 267 kg de cocaína pelo Porto de Rio Grande. O caso ocorreu em agosto deste ano. A droga estava escondida em um contêiner com carga de pallets de plástico.

Quarenta policiais federais cumprem nove mandados de busca e apreensão, dois mandados de prisão temporária e quatro de condução coercitiva. Duas pessoas foram presas preventivamente e quatro foram encaminhadas à delegacia. Na casa de um dos investigados, a PF encontrou R$ 10 mil em notas de dólar e real.

De acordo com o delegado Gabriel Leite, a investigação revelou que funcionários vinculados a empresas transportadoras de carga de Rio Grande são responsáveis por colocar as 10 bolsas com drogas dentro do contêiner. O caminhão que carregava o contêiner saiu do norte do RS.

— Acreditamos que em algum momento, no percurso até o Porto de Rio Grande, a droga foi colocada pelos investigados nesse contêiner que carregava pallets de plástico — afirmou Leite.

Não há indícios de participação do exportador. Os tabletes de cocaína estavam envolvidos com papel carbono e manta laminada, para que não fossem identificados pelo sistema de raio X da Receita Federal. Servidores selecionaram dois contêineres para a fiscalização. E, em um deles, foram encontradas bolsas com a droga – avaliada em R$ 8 milhões. (Gaúcha - Divulgação / Receita Federal)


0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que você o investimento cabe direitinho no seu bolso.

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.