sábado, 7 de outubro de 2017

INFORMATIVO - COLETA DO IBGE VAI A CAMPO A PARTIR DE OUTUBRO E SEGUE ATÉ O FINAL DO MÊS DE FEVEREIRO DE 2018

De acordo com o último Censo Agropecuário, realizado em 2006, 441.472 estabelecimentos agropecuários ocupavam mais de 1,2 milhão de pessoas no Rio Grande do Sul, sendo 80,5% na agricultura familiar, e o Estado era o maior produtor nacional de produtos como uva, arroz, batata-doce, fumo e trigo.

Agora, esses e outros dados serão atualizados no Censo Agropecuário 2017 do IBGE, o principal e mais completo levantamento de dados sobre a produção agropecuária, florestal e aquícola brasileira.

Nesta semana, recenseadores estão recebendo treinamento em 133 cidades gaúchas e cerca de 1660 devem participar da coleta de dados no Estado, a partir do dia 1º de outubro. O IBGE já contratou 550 pessoas entre Analistas e Agentes Censitários que estão atuando no Censo em todo o Rio Grande do Sul.

Para o Coordenador Operacional do Censo Agropecuário na Unidade Estadual do IBGE no Rio Grande do Sul, Luis Eduardo Azevedo Puchalski, é “fundamental atualizar o diagnóstico das potencialidades do setor agropecuário, para que se implementem políticas públicas voltadas às necessidades atuais do setor”.

Puchalski lembra que para o país ter este diagnóstico atualizado é importante que cada produtor preste informações que de fato retratem a realidade do seu estabelecimento.
Segurança

Todas as informações prestadas aos recenseadores têm o sigilo garantido por lei e os dados são utilizados exclusivamente para fins estatísticos.

Os recenseadores estarão identificados com crachá, colete e boné do IBGE, e também portarão um Dispositivo Móvel de Coleta (DMC) para o registro eletrônico dos dados. Em caso de dúvidas sobre a identidade dos recenseadores, os informantes poderão consultar o site www.respondendo.ibge.gov.br e o 0800-721-8181. (Ascom IBGE)

 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que você o investimento cabe direitinho no seu bolso.

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.