segunda-feira, 18 de setembro de 2017

INFORMATIVO - MINI E MICROGERAÇÃO DE ENERGIA DISTRIBUÍDA PODE ELEVAR A RENDA DE AGRICULTORES

A sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santo Antônio da Patrulha recebeu, nesta segunda-feira, dia 18 de setembro de 2017, reunião técnica da Frente Parlamentar em Defesa da Mini e Microgeração de Energia Distribuída da Assembleia Legislativa, coordenada pelo deputado estadual Zé Nunes, autor do Projeto de Lei 271/2015, que propõe a criação de políticas públicas de estímulo e fomento à mini e microgeração de energia distribuída no Rio Grande do Sul. A Comissão de Constituição e Justiça do legislativo gaúcho já apresentou parecer favorável ao projeto.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Samuel Santos, recepcionou o presidente da Rede Nacional de Organizações da Sociedade Civil para Energias Renováveis e Diretor do Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas e da Auto Sustentabilidade, engenheiro Fábio Rosa, e o chefe de Gabinete do deputado Zé Nunes, Zelmute Marten.

Foram discutidas questões relacionadas à crise no fornecimento de energia de qualidade para os agricultores do município. “Estamos convivendo com uma situação bastante crítica, um gargalo para a produção agroindustrial do município", salientou Samuel Santos.

O Instituto IDEEAS possui um Centro de Aprendizagem em Santo Antônio da Patrulha, localizado na região do Alto Ribeirão. No local, estão instalados uma Casa Eficiente Energeticamente e um Parque Tecnológico de Mini e Microgeração de Energia Distribuída com experimentos e demonstrações de roda d'água, usina fotovoltaica e microturbina eólica. "A agricultura familiar ocupa um território e este local pode continuar produzindo alimentos e também gerar a sua própria energia, elevando a renda do agricultor", enfatizou Fábio Rosa.

Para Rosa, o município tem potencial para hidroeletricidade. O autoconsumo significa que o produtor rural produz e consome sua própria energia. O Instituo IDEEAS trabalha com o Programa Agricultores Produtores de Alimentos e Energias. Redes monofásicas, sem queda de tensão, podem ser adaptadas com conversor de fase que pode transformar monofásico em trifásico, como já utiliza o Estado da Louisiana, nos Estados Unidos.

Também foi analisada a tecnologia BFT - Bomba Funcionando como Turbina, própria para localidades com queda d'água onde a bomba se transforma num gerador. E o Projeto Etanol Socioambiental, que pode transformar a cachaça e a cana-de-açúcar em etanol biocombustível e, através de contratos futuros, associar a produção prevista para determinada área. Um exemplo é o abastecimento de veículos no município, como a frota de táxis e outros, denominado Usinas Sociais Inteligentes.

O intuito é buscar constituir, em Santo Antônio da Patrulha, a primeira cooperativa de mini e microgeração de energia distribuída do Rio Grande do Sul.

A reunião definiu os seguintes encaminhamentos:

a) realização de audiência pública da Assembleia Legislativa em Santo Antônio da Patrulha para debater a qualidade da energia no município;

b) visita técnica de agricultores do Projeto Propriedade Destaque do Sindicato dos Trabalhadores Rurais no Instituto IDEEAS no dia 9.10.2017;

c) organização do levantamento hidráulico de Santo Antônio da Patrulha;

d) realização de seminário regional sobre mini e microgeração de energia distribuída, em Santo Antônio da Patrulha, no dia 7.12.2017, às 9h, com as participações do deputado estadual Zé Nunes, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Instituto IDEEAS e RENOVE, FAO, Embrapa, Emater, FURG e Instituto Consciência Limpa da Universidade Federal de Tajubá/Minas Gerais. (Ascom Zé Nunes)

 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que você o investimento cabe direitinho no seu bolso.

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.