sábado, 30 de setembro de 2017

GUAÍBA - PREFEITURA PEDE CELERIDADE AO ESTADO PARA LIBERAÇÃO DO ANTIGO TERRENO DA FORD

O prefeito José Sperotto, acompanhado do secretário de Planejamento Urbano, Jefferson Santos, e do assessor superior da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento, Beto Scalco, reuniu-se com o governo do Estado para tratar do terreno onde seria instalada a Ford. A audiência na Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT) aconteceu na segunda-feira, dia 25 de setembro de 2017.

“Naquela área, por exemplo, a multinacional Gefco aguarda há três anos para se instalar. É uma plataforma logística que poderia já estar gerando empregos e arrecadação para o município e para o Estado. Como um todo, estamos falando de um terreno que é como uma pedra a ser lapidada, sobretudo para atrair outras empresas.

É importante que o Estado foque mais nessa área, que é diferenciada não só em termos de logística como de espaço”, justificou Sperotto ao secretário adjunto Evandro Fontana.

Além de pedir celeridade na liberação, o Executivo Municipal também levantou o interesse da área tornar-se de responsabilidade do município.

“Nós queremos fazer acontecer, de um jeito ou de outro, pois é muito importante para o desenvolvimento não só de Guaíba como do Estado, que vive um momento no qual necessita desses recursos”, completou o prefeito.

Nos próximos dias, a equipe técnica da SDECT irá se reunir com a Fundação Estadual de Proteção Ambiental do RS (FEPAM) para avaliar o andamento do caso. (Ascom Prefeitura - Fotos: Gustavo Gossen)



 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que você o investimento cabe direitinho no seu bolso.

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.