CHUVISCA - HOMEM QUE DEGOLOU EX-COLEGA DE TRABALHO EM PORTO ALEGRE É PRESO PELA POLÍCIA

Um homem de 42 anos foi preso na manhã da quinta-feira, dia 10 de agosto de 2017, na Estrada Costa da Pitanga, no interior de Chuvisca. O criminoso é o autor de um homicídio praticado em Porto Alegre, em maio deste ano.

De acordo com informações da polícia, o homem utilizou uma faca para degolar Geraldo da R. S., seu ex-colega de trabalho. O crime teria sido motivado por uma discussão, causada pelo uso de uma esmerilhadeira, e ocorreu na frente da esposa e do filho da vítima, que ainda tentaram impedir a ação, mas acabaram presenciando o homicídio.

A operação foi realizada por policiais militares de Chuvisca, com apoio de uma viatura de Camaquã. O criminoso possui antecedentes criminais por lesão corporal e mantinha em sua residência uma arma de fogo irregular.

No local da prisão, foram apreendidas uma arma calibre 32, duas munições intactas, seis munições deflagradas, um extrator artesanal e uma pochete.

O criminoso foi identificado pelas iniciais U.S.A. A polícia não permitiu a divulgação do nome completo do preso. Ele foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

O criminoso responderá pelo crime de homicídio doloso duplamente qualificado, por motivo torpe e por não ter dado chance de defesa à vítima.

Investigação


A prisão é parte de uma operação do Departamento de Homicídios, na busca de retirar da sociedade indivíduos perigosos que cometem crimes bárbaros como este investigado.

O Diretor do DHPP, Delegado Paulo Rogério Grillo, e o Diretor da Divisão de Homicídios, Delegado Gabriel Bicca, enfatizaram as significativas prisões que vem retirando da sociedade indivíduos de alta periculosidade.

Na tarde desta quinta-feira, um agricultor foi preso por porte ilegal de arma, na mesma localidade. De acordo com a polícia, ele foi flagrado dentro de um veículo portando uma espingarda calibre 28, enquanto transitava próximo à residência de U.S.A.

Na oportunidade, o acusado do homicídio conseguiu fugir. Já o agricultou pagou uma fiança de R$ 1 mil para ser libertado. A ação foi realizada pela 1ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa, coordenados pelo Delegado Rodrigo Reis, na companhia de policiais militares do Grupamento de Polícia Militar de Chuvisca. (Por: Kevin Oswaldt / Acústica FM)


 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

Você é a favor ou contra o Horário de Verão?

Você é a favor do trânsito na Bento Gonçalves ser única mão, próximo à rótula do Rua 7 de Setembro?

Como você avalia o Governo Ivo, nos três primeiros meses?

Você aprova a alteração de trânsito realizada na Av. Bento Gonçalves esquina com Sete de Setembro?

Você concorda em liberar os CCs de bater ponto, como ocorreu na Câmara de Vereadores da Capital?

O trânsito de Camaquã melhorou com a atuação dos agentes de trânsito?

Vereadores de Camaquã aprovaram o projeto que cria o estacionamento rotativo. Você é: