PELOTAS - MORRE IDOSO QUE CUMPRIA PENA POR HOMICÍDIO, DA PRÓPRIA ESPOSA, NO PRESÍDIO REGIONAL

O idoso que matou a mulher a facadas e pauladas e ainda tentou assassinar a filha portadora de Síndrome de Down, em novembro do ano passado, na Zona Rural do Morro Redondo, foi encontrado morto por colegas de cela, na madrugada da quarta-feira, dia 5 de julho, no Presídio Regional de Pelotas (PRP).

Segundo a direção do PRP, Ari Rosa Tavares, 66 anos, morreu em decorrência de um problema respiratório. Conforme o diretor da penitenciária, Hamilton Fernandes, na última terça-feira o idoso havia sido levado para atendimento médico e possivelmente deveria ser encaminhado para internação nos próximos dias. No entanto, ao retornar ao presídio não resistiu e morreu dentro de uma cela da galeria A.

Ari Tavares matou a companheira, Maria Odete Tavares, com quem mantinha relacionamento há 35 anos. Na época ele chegou a dizer para reportagem do Diário Popular que teria assassinado a mulher pois a mesma havia pedido a separação do casal. A filha teria sido esfaqueada pelo pai após tentar ajudar a mãe, que estava sendo agredida.(Diário Popular)

 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

Você é a favor ou contra a compra da Usinde Asfalto para Camaquã, por cerca de R$ 5 milhões?

Você é a favor ou contra o Horário de Verão?

Você é a favor do trânsito na Bento Gonçalves ser única mão, próximo à rótula do Rua 7 de Setembro?

Como você avalia o Governo Ivo, nos três primeiros meses?

Você aprova a alteração de trânsito realizada na Av. Bento Gonçalves esquina com Sete de Setembro?

Você concorda em liberar os CCs de bater ponto, como ocorreu na Câmara de Vereadores da Capital?

O trânsito de Camaquã melhorou com a atuação dos agentes de trânsito?

Vereadores de Camaquã aprovaram o projeto que cria o estacionamento rotativo. Você é: