PELOTAS - HOMEM ARMADO INVADE ESCOLA, DEIXANDO PROFESSORES, ALUNOS E FUNCIONÁRIOS EM MOMENTOS DE TENSÃO

Professores, alunos e funcionários da Escola Estadual de Ensino Fundamental Franklin Olive Leite, nas Três Vendas, em Pelotas passaram por momentos de tensão na manhã da terça-feira, dia 4 de julho.

Eram nove horas quando um homem que, segundo testemunhas, estaria armado com faca e revólver invadiu a escola e roubou o celular de um aluno do sétimo ano.

O suspeito visivelmente alterado - possivelmente sob efeito de drogas - teria pulado o muro lateral do colégio e entrado em duas salas até roubar o celular do adolescente que assistia aula no momento da invasão.

Durante o roubo, alunos e professores foram ameaçados. "Foi horrível. Crianças e adolescentes ficaram apavorados, alguns saíram correndo. Foi assustador", relatou uma professora. Após praticar o roubo, o suspeito fugiu também pelo muro.

Uma funcionária da escola - que por medo prefere não ser identificada - conta que nunca imaginou passar por situação como essa. Para ela, o incidente na Escola Franklin Olive Leite é reflexo da insegurança, ausência do Estado e falta de investimento na educação.

"A gente sente muito medo né? Como imaginar que isso iria acontecer dentro de uma escola. O sentimento é de descaso", lamentou. Devida a insegurança, as aulas no período da tarde e da noite foram suspensas.

Professoras se dizem amedrontadas e receosas de voltar às atividades, uma vez que, a presença da Polícia Comunitária da Brigada Militar (BM), nunca é vista por lá "A gente se sente expostas a qualquer tipo de perigo.

Quem garante que isso não vai acontecer mais uma vez? E, se esse rapaz entra em surto de abstinência volta aqui mais uma vez e faz algo contra os alunos?", questionou uma docente.

A coordenadora da 5ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), Maria Cristina Franz, disse que está sendo feito um levantamento do ocorrido e a partir disso será feito um pedido de mais policiamento na região da Escola Franklin Olive Leite. "O que aconteceu é algo sério e é preciso providências", comentou.

A Brigada Militar garantiu que deverá agendar um horário com a direção da Escola para tratar de ações preventivas no educandário. (Diário Popular)

 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

Como você avalia o Governo Ivo, nos três primeiros meses?

Você aprova a alteração de trânsito realizada na Av. Bento Gonçalves esquina com Sete de Setembro?

Você concorda em liberar os CCs de bater ponto, como ocorreu na Câmara de Vereadores da Capital?

O trânsito de Camaquã melhorou com a atuação dos agentes de trânsito?

Vereadores de Camaquã aprovaram o projeto que cria o estacionamento rotativo. Você é: