PELOTAS - CÂMERAS DE MONITORAMENTO FLAGRAM ARREMESSOS DE OBJETOS NO PRESÍDIO ESTADUAL

Câmeras de monitoramento do Presídio de Pelotas, no Sul do Rio Grande do Sul, mostram a fragilidade da segurança no local. Um homem é flagrado arremessando objetos para dentro da cadeia, situação que se repete mais de uma vez por dia, segundo admite a direção.

As imagens mostram um homem se aproximando do presídio e arremessando dois pacotes para dentro da prisão. A ação ocorre em uma rua bem em frente ao local.

Os pacotes arremessados foram interceptados antes de chegarem aos presos. Os agentes encontraram drogas e sete celulares.

"Mais de uma vez por dia a gente é suscetível a essas questões dos arremessos. Muitos deles são pegos pelas câmeras ou pelos nossos agentes ou pelos próprios PMs da guarda externa, mas algum deles, infelizmente, acabam caindo no pátio e os próprios presos conseguem pescar através das celas pro seu interior, dando entrada dos ilícitos para a parte interna do presídio", afirma o diretor do presídio Hamilton Fernandes.

A alternativa para amenizar os arremessos é a colocação de telas para cobrir o pátio, o que já foi feito no albergue onde estão abrigados presos do regime semiaberto. A expectativa é de que a colocação ocorra no próximo mês.

 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

Como você avalia o Governo Ivo, nos três primeiros meses?

Você aprova a alteração de trânsito realizada na Av. Bento Gonçalves esquina com Sete de Setembro?

Você concorda em liberar os CCs de bater ponto, como ocorreu na Câmara de Vereadores da Capital?

O trânsito de Camaquã melhorou com a atuação dos agentes de trânsito?

Vereadores de Camaquã aprovaram o projeto que cria o estacionamento rotativo. Você é: