GUAÍBA - MAIS DE 30 CANDIDATOS SÃO IMPEDIDOS DE PRESTAR PROVA PARA CONCURSO E LEVAM CASO À POLÍCIA

Um grupo de pelo menos 35 pessoas registrou boletim de ocorrência neste domingo, dia 23 de julho de 2017, depois de não conseguirem realizar a prova para um concurso público em Guaíba, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Eles estavam inscritos no concurso da Câmara de Vereadores da cidade, mas não conseguiram ter acesso ao local das avaliações.

De acordo com os candidatos, o prédio da Ulbra, onde foi realizada a prova, foi fechado antes do horário previsto no edital, que era 7h45.

A dona de casa Isabel Cristina Barbosa, que também era candidata a uma vaga a partir do concurso, é outra que reclama da organização da prova.

"Quando eu cheguei 15 para as 8h já me deparei com mais de 30 pessoas ali na frente esperando. O valor não foi pequeno, são R$ 40. Para quem está desempregado faz falta", afirma.

A Legalle Concursos, empresa responsável pela organização da prova, por sua vez, garante que a entrada no local foi encerrada no horário previsto, quando faltavam 15 minutos para as 8h. Agora, o grupo pretende encaminhar o caso para o Ministério Público. (G1)

 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

Você é a favor do trânsito na Bento Gonçalves ser única mão, próximo à rótula do Rua 7 de Setembro?

Como você avalia o Governo Ivo, nos três primeiros meses?

Você aprova a alteração de trânsito realizada na Av. Bento Gonçalves esquina com Sete de Setembro?

Você concorda em liberar os CCs de bater ponto, como ocorreu na Câmara de Vereadores da Capital?

O trânsito de Camaquã melhorou com a atuação dos agentes de trânsito?

Vereadores de Camaquã aprovaram o projeto que cria o estacionamento rotativo. Você é: