quarta-feira, 12 de julho de 2017

GERAL - POLÍCIA FEDERAL CERCA GRUPO QUE TROCAVA DE CIDADE PARA FRAUDAR INSS EM ESTADOS DO SUL

Uma operação da Polícia Federal, deflagrada na manhã desta quarta-feira, dia 12 de julho, combate um grupo de pessoas investigadas por fraudar o benefício assistencial ao idoso, um pagamento de um salário-mínimo mensal ao idoso que não consegue se manter.

Dez mandados de busca e apreensão são cumpridos em Erechim, no norte do Estado, em duas cidades de Santa Catarina e em duas do Paraná.

A investigação começou há dois anos, quando servidores do INSS identificaram o uso de documentos falsos como RG, certidão de nascimento e título de eleitor para a obtenção de forma irregular o benefício.

Os investigadores da PF perceberam que o grupo trocava com frequência de cidade para agir em diferentes agências do INSS. Uma análise preliminar aponta que o prejuízo causado tenha sido de aproximadamente R$ 200 mil.

Entretanto, o valor pode aumentar após o cumprimento dos mandados de busca de hoje, caso os policiais consigam novas informações que possibilitem dimensionar a real extensão da atuação criminosa.

A operação foi denominada Nômade em referência à constante troca de endereço dos investigados.

Os principais crimes apurados são estelionato contra a Previdência Social, organização criminosa, falsificação de documento e uso de documento falso. (Por: Vitor Rosa - Foto: Polícia Federal

 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

DIVULGUE SUA EMPRESA NO CANAL DE NOTÍCIAS MAIS ATUALIZADO DA REGIÃO

Divulgue sua empresa no canal de notícias mais atualizado da região.

Como diz o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”. No Portal de Camaquã, sua empresa será vista por milhares de leitores todo o dia. E o melhor de tudo, é que você o investimento cabe direitinho no seu bolso.

Envie agora mesmo um e-mail para camaquaonline@gmail.com.