GUAÍBA - INTERNACIONAL RECEBE LICENÇA DE INSTALAÇÃO DE CENTRO ESPORTIVO

O primeiro passo para a construção do Centro de Treinamento de Guaíba, a Cidade do Inter, foi dado através da entrega da licença de instalação pelo governador José Ivo Sartori na quinta-feira, dia 29 de junho.

O documento emitido online pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) foi apresentado aos dirigentes do clube e convidados em um telão durante ato no Palácio Piratini.

O empreendimento, localizado no município de Guaíba, conta com área superior a 400 mil metros quadrados. No local, serão conservados integralmente as áreas de preservação permanente relativa ao Guaíba, ao Arroio do Conde e ao banhado existente na área.

"Hoje entregamos a licença do centro esportivo ao Internacional com a certeza de que as futuras obras beneficiarão não apenas o clube, mas os gaúchos", disse o governador.

De acordo com o idealizador do projeto, o diretor do clube José Aquino Flores de Camargo, a iniciativa é uma das prioridades da nova direção. "O Inter não vai construir nada que não leve em consideração a sua essência de clube popular, que possui responsabilidade com a comunidade. É um projeto tanto de responsabilidade social quanto de responsabilidade ambiental", explicou.

A área em questão situa-se em posição estratégica para o clube, junto à divisa entre os municípios de Guaíba e Eldorado, na Estrada do Conde, na margem oposta do Lago Guaíba, praticamente em linha reta em relação ao Complexo Beira-Rio e ao Parque Gigante. Para a secretária do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Ana Pellini, a licença "é uma conquista, um documento complexo de boas práticas ambientais e de sustentabilidade".

CT do Inter

O programa do Centro de Treinamento contempla 14 campos de futebol de dimensões oficiais (105 x 68 metros), três campos reduzidos e um campo totalmente coberto; áreas para o trabalho dos profissionais da imprensa, como auditório de conferências e centro de imprensa; áreas para recepção de público e excursões; áreas de alojamento e concentração, lazer, estudo e refeições dos atletas do clube (categorias de base e profissionais); Centro Médico, Fisioterápico e de Reabilitação, com equipamentos e instalações de nível internacional, a fim de garantir todos os cuidados necessários e recuperação física dos atletas; e espaços tradicionais de trabalho esportivo, como vestiários e academias, bem como áreas técnicas e administrativas compatíveis com o empreendimento.

O terreno também contará com hotel, comércio e restaurante abertos ao público externo, criando referência de apropriação do espaço pela população da cidade, da região e do Sul do estado. Um mastro de 100 metros de altura, onde a bandeira do Internacional será hasteada, também servirá de mirante. No futuro, haverá a conexão entre a Cidade do Inter e o Complexo Beira-Rio via Catamarã.

Ainda está previsto na divisa sul do terreno, um espaço dedicado à construção de uma escola que atenderá a comunidade e os atletas das categorias de base coloradas. (Texto: Anamaria Bessil - Edição: Gonçalo Valduga/Secom -  Foto: Karine Viana)

 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

Você é a favor ou contra a compra da Usinde Asfalto para Camaquã, por cerca de R$ 5 milhões?

Você é a favor ou contra o Horário de Verão?

Você é a favor do trânsito na Bento Gonçalves ser única mão, próximo à rótula do Rua 7 de Setembro?

Como você avalia o Governo Ivo, nos três primeiros meses?

Você aprova a alteração de trânsito realizada na Av. Bento Gonçalves esquina com Sete de Setembro?

Você concorda em liberar os CCs de bater ponto, como ocorreu na Câmara de Vereadores da Capital?

O trânsito de Camaquã melhorou com a atuação dos agentes de trânsito?

Vereadores de Camaquã aprovaram o projeto que cria o estacionamento rotativo. Você é: