RS - COMISSÃO DE REPRESENTAÇÃO EXTERNA QUE DEBATERÁ PEDÁGIOS É INSTALADA NA ASSEMBLEIA

A Comissão de Representação Externa, que irá acompanhar a questão dos pedágios no Estado, foi instalada na quinta-feira, dia 25 de maio, na Assembleia Legislativa. O ato ocorreu na Sala da Presidência da Casa. 

Aprovada por unanimidade pelo plenário do Parlamento na terça-feira, dia 16 de maio, a Comissão terá como coordenador o deputado estadual Gilmar Sossella (PDT), proponente do requerimento, além dos parlamentares Aloísio Classmann (PTB), Altemir Tortelli (PT), Edson Brum (PMDB) e Sérgio Turra (PP).

Os integrantes terão 30 dias de trabalho para realizar reuniões, visitas externas e debates em torno do tema. Ao final, será apresentado um estudo conclusivo a respeito dos pedágios. O programa de concessão de rodovias federais no Rio Grande do Sul, desenvolvido pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), abrange as BRs 101, 290, 386 e 448.

“Por meio da Comissão poderemos acompanhar de perto o andamento desta questão tão importante para o nosso Estado, além de realizar reuniões e visitas aos órgãos relacionados ao tema, como a ANTT e Ministério dos Transportes. Temos exemplos em outros Estados de concessões que tiveram duplicação e oferecem uma tarifa muito mais barata. Por que nós gaúchos temos que pagar mais caro?”, questionou Sossella.

Durante a solenidade, o presidente do Parlamento, deputado Edegar Pretto (PT), destacou o trabalho de Sossella a frente do tema. “Quando chegou o pedido para tratarmos desta questão na casa eu disse que não teria ninguém na Assembleia Legislativa com mais capacidade para tocar este assunto tão importante para o nosso Estado que o deputado Sossella”, elogiou Pretto.

ACOMPANHAMENTO CONSTANTE

O tema pedágios tem sido acompanhado por Sossella ao longo de sua atuação no Parlamento gaúcho. Em 2007, o deputado presidiu a CPI dos Polos de Pedágio na Assembleia Legislativa, que levantou uma série de problemas do PECR/RS e foi reprovado pelos gaúchos devido ao alto valor das tarifas, ao modelo de polos implantado, e, principalmente, porque em 15 anos nem um metro sequer de rodovia foi duplicado no Estado nos mais de 1.799 mil quilômetros concedidos à iniciativa privada.

Desde que o governo federal lançou o programa de concessão das BRs no Estado, Sossella participou das audiências públicas a respeito do tema em Porto Alegre, Soledade, Lajeado e Montenegro.

Além disso, integrou a comitiva do Parlamento gaúcho em Brasília que se reuniu com o ministro dos Transportes, Maurício Quintella Lessa, e também com o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Bastos. Na ocasião, o deputado solicitou que o diálogo a respeito deste tema fosse ampliado e a concessão adiada. (Assessoria Dep. Sossela - Crédito das fotos: Wilson Cardoso)


 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

Você é a favor do trânsito na Bento Gonçalves ser única mão, próximo à rótula do Rua 7 de Setembro?

Como você avalia o Governo Ivo, nos três primeiros meses?

Você aprova a alteração de trânsito realizada na Av. Bento Gonçalves esquina com Sete de Setembro?

Você concorda em liberar os CCs de bater ponto, como ocorreu na Câmara de Vereadores da Capital?

O trânsito de Camaquã melhorou com a atuação dos agentes de trânsito?

Vereadores de Camaquã aprovaram o projeto que cria o estacionamento rotativo. Você é: