PELOTAS - CENTRO DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO CONSTRÓI MURO PARA REFORÇAR SEGURANÇA DE JOVENS INFRATORES

O Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Pelotas começou, na quarta-feira, dia 24 de maio de 2017, a construir um muro em seu entorno para reforçar a segurança de jovens infratores.

Aguardado há 19 anos pela população, desde a inauguração do centro, o paredão (de quatro metros de altura e 205 metros de extensão) dificultará o arremesso de objetos e invasões, auxiliando no trabalho de socioeducação.

A obra foi autorizada pelo Estado com R$ 200 mil provenientes de termo de ajustamento de conduta obtido pela Fundação de Assistência Sócio-Educativa (Fase) na Promotoria Pública de Rio Grande.

Os engenheiros estimam a conclusão do muro para o segundo semestre deste ano. Segundo a diretora da unidade, Maria Teresa Neves, a construção "vai melhorar o ambiente de atendimento, qualificando o trabalho do servidor e possibilitando uma estrutura mais adequada aos jovens". O Case Pelotas possui 40 vagas e abriga atualmente 74 adolescentes.

Videomonitoramento

A Fase está modernizando suas práticas e procedimentos em diversas esferas da organização. Para aumentar a segurança no centro pelotense, no próximo mês de agosto, será implantado o sistema de videomonitoramento. A medida também contribui para ampliar a segurança de servidores, adolescentes e familiares.

Ao todo, serão 58 câmeras nas áreas internas de uso comum e no espaço externo. O sistema está sendo implantado em todas as unidades do Rio Grande do Sul, totalizando 834 equipamentos até o final de 2017.

Acordo de Resultados
A implantação de videomonitoramento da Fase integra o Acordo de Resultados, assinado por todas as secretarias e vinculadas, e que consiste no acompanhamento dos projetos definidos como prioritários para serem executados pelo governo do Estado. Envolve o planejamento de indicadores de desempenho, ações e eficiência da gestão.

Essa rede de governança prioriza as demandas da sociedade com intuito de construir um governo mais eficiente na aplicação de recursos, mais ágil e menos burocrático, que, de forma transparente, dialogue com a população e entregue serviços de qualidade. (Texto: Marcelo Vaz/Fase - Edição: Gonçalo Valduga/Secom)

 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

Você é a favor ou contra o Horário de Verão?

Você é a favor do trânsito na Bento Gonçalves ser única mão, próximo à rótula do Rua 7 de Setembro?

Como você avalia o Governo Ivo, nos três primeiros meses?

Você aprova a alteração de trânsito realizada na Av. Bento Gonçalves esquina com Sete de Setembro?

Você concorda em liberar os CCs de bater ponto, como ocorreu na Câmara de Vereadores da Capital?

O trânsito de Camaquã melhorou com a atuação dos agentes de trânsito?

Vereadores de Camaquã aprovaram o projeto que cria o estacionamento rotativo. Você é: