TAPES - MAIS ANTIGO E PRESERVADO BUTIAZAL DO PAÍS ESTÁ LOCALIZADO NA FAZENDA SÃO MIGUEL

Quem visita a fazenda São Miguel, na cidade de Tapes, a cerca de 100 quilômetros de Porto Alegre, encontra uma plantação com 700 hectares de uma fruta popular no Rio Grande do Sul: o butiá.

A fruta é pequena em formato de bolinha na cor amarela escura, polpa fibrosa e cítrica. As pequenas palmeiras de onde vem o butiá estão em extinção e formam o mais antigo butiazal do Brasil.

Pesquisadores da Embrapa foram atraídos há sete anos para estudar uma das mais antigas plantações de butiás do país. As palmeiras da Fazenda São Miguel produzem a fruta há cerca de 200 anos.

No primeiro momento, o objetivo dos pesquisadores era descobrir o número de cachos produzidos por palmeira. “Nós verificamos que eles produzem mais de dois cachos de fruta por cada planta durante o ano. Nós marcamos 300 plantas”, relata a pesquisadora da Embrapa Rosa Lia Barbieri.

A proprietária da fazenda Carmem Barros destaca que planta está em extinção, então os estudos funcionam como um incentivo para preservar.

O butiazeiro se desenvolve em áreas campestres e quem tiver um butiazal na propriedade pode deixar de cinco a dez por cento da extensão total para preservação.

Além disso, o butiazal cresce com a pecuária e o gado leiteiro, para isso é preciso fazer o manejo correto.

A fruta que é cítrica é rica em vitamina C, antioxidantes e potássio. Dentro da fruta há uma amêndoa. ”A gente quebra o coquinho (que fica dentro da fruta) e tem uma amêndoa saborosíssima”, conta Rosa. Já a polpa da fruta é rica em vitamina c e tem muito potássio, muito mais do que a banana.

Os cachos coletados da região são levados ao laboratório da Embrapa em Pelotas e lá são pesados e contados um a um. A ideia é aprofundar os estudos para verificar mais o rendimento da fruta.

Para isso, os pesquisadores querem avaliar a quantidade e o peso das amêndoas retiradas das frutas, já que elas podem ser usadas para fazer doces, bolos e várias outras coisas, inclusive licores. (G1 / RS)






 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

Você é a favor do trânsito na Bento Gonçalves ser única mão, próximo à rótula do Rua 7 de Setembro?

Como você avalia o Governo Ivo, nos três primeiros meses?

Você aprova a alteração de trânsito realizada na Av. Bento Gonçalves esquina com Sete de Setembro?

Você concorda em liberar os CCs de bater ponto, como ocorreu na Câmara de Vereadores da Capital?

O trânsito de Camaquã melhorou com a atuação dos agentes de trânsito?

Vereadores de Camaquã aprovaram o projeto que cria o estacionamento rotativo. Você é: