PELOTAS - MÃE ESCREVE CARTAS DIARIAMENTE PARA FILHA DESAPARECIDA HÁ DOIS ANOS

O desaparecimento da professora universitária Claudia Hartleben completou dois anos neste final de semana, no Sul do estado. Aos 82 anos, a mãe da docente, Zilá sofre com a saudade e ainda escreve cartas diariamente para a filha.

Na tarde desta segunda-feira, dia 10 de abril, um grupo de alunos, amigos e colegas deve ser reunir na Universidade Federal de Pelotas para prestar homenagens.

Um jaleco e uma faixa devem ser pendurados no laboratório do curso de Biotecnologia, no qual ela dava aula, e que deve receber o nome de Claudia. Uma árvore também deve ser plantada no campus.

Uma pessoa deve ser ouvida nesta semana para ajudar na elucidação do desaparecimento de Cláudia, que é investigado pela Polícia Civil e Ministério Público. Uma ossada encontrada em Rio Grande, também no Sul do estado, será analisada.

O MP chegou a denunciar o filho e o ex-marido de Cláudia por ocultação de cadáver, homicídio qualificado e feminicídio, mas a Justiça não aceitou a denúncia por entender que não haviam provas suficientes contra os dois.

“Se nós encontrarmos essa prova nova, mesmo que não encontremos o corpo, nós podemos até propor alguma ação penal de novo ao poder judiciário, para que diga se aceita para iniciar um processo penal, que é o que a gente quer”, afirma o promotor José Olavo Passos.

Enquanto isso, a mãe de Cláudia sofre com a dúvida de não saber o que pode ter acontecido com a filha. “A falta dela é uma saudade incrível”, afirma Zilá Hartleben. (G1 - Foto: Reprodução/RBS TV) 

 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

Você é a favor do trânsito na Bento Gonçalves ser única mão, próximo à rótula do Rua 7 de Setembro?

Como você avalia o Governo Ivo, nos três primeiros meses?

Você aprova a alteração de trânsito realizada na Av. Bento Gonçalves esquina com Sete de Setembro?

Você concorda em liberar os CCs de bater ponto, como ocorreu na Câmara de Vereadores da Capital?

O trânsito de Camaquã melhorou com a atuação dos agentes de trânsito?

Vereadores de Camaquã aprovaram o projeto que cria o estacionamento rotativo. Você é: