CAMAQUÃ - SECRETARIA MULHER REÚNE SOCIEDADE CIVIL E ESTRUTURA GOVERNAMENTAL PARA ELABORAR PLANO ANUAL DE ATENÇÃO À MULHER

Com o objetivo de elaborar um Plano de Atenção à Mulher para 2017 que atendesse o interesse de toda a comunidade camaquense, a Secretaria Especial da Mulher, do Trabalho e Desenvolvimento Social realizou uma reunião no dia 12 de abril, à tarde, no auditório da SEMTDS, para compor o grupo intersetorial representantes de diversos segmentos da comunidade.

Representando o prefeito Ivo de Lima Ferreira, o vice-prefeito Jair Martins, saudou os presentes ressaltando a importância da mulher e a necessidade de políticas de apoio da administração em todas as suas esferas.

Alessandra Nunes, secretária Especial da Mulher, ressaltou a importância da criação da Secretaria, compromisso assumido pela atual administração e que se concretiza já no início da gestão com uma proposta de ações concretas e de largo espectro a serem implementadas em todo o município.

Ela enfatiza que o objetivo da Secretaria que é promover, articular, executar e monitorar políticas públicas para as mulheres no âmbito municipal, considerando toda a sua diversidade: geração, orientação sexual, raça/etnia, localização nos espaços rural e urbano, assim como sua condição de portadora ou não de deficiência.

No encontro, estiveram representadas todas as instituições da sociedade civil e de órgãos governamentais que se identificaram com a proposta, em uma tarde produtiva que marcou o início de uma forte parceria na qual a comunidade participou da primeira fase do planejamento de uma política, e foi estimulada a manter a participação ativa na continuação do processo, até a execução das ações que comporão o plano.

Os trabalhos foram desenvolvidos sob a visão de três eixos de ações consideradas como foco de especial interesse na política, na qual cada instituição participou do grupo de sua identificação para a construção do plano em sua área: Eixo I - Educação, Eixo II - Saúde e Violência, Eixo III - Cidadania, Questões étnicas e de Gênero.

Segundo a psicóloga Laís Bazzo, referência na Secretaria, das políticas de ação à mulher, a pronta resposta das instituições, o grande interesse mostrado nas discussões nos grupos e o comprometimento para a manutenção da parceria, são fortes indícios de que todas as ações elencadas no plano serão efetivadas com sucesso e de que terão a participação da sociedade como um todo. (Foto e texto: SEMTDS)

 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente essa notícia!

Você é a favor ou contra o Horário de Verão?

Você é a favor do trânsito na Bento Gonçalves ser única mão, próximo à rótula do Rua 7 de Setembro?

Como você avalia o Governo Ivo, nos três primeiros meses?

Você aprova a alteração de trânsito realizada na Av. Bento Gonçalves esquina com Sete de Setembro?

Você concorda em liberar os CCs de bater ponto, como ocorreu na Câmara de Vereadores da Capital?

O trânsito de Camaquã melhorou com a atuação dos agentes de trânsito?

Vereadores de Camaquã aprovaram o projeto que cria o estacionamento rotativo. Você é: